terça-feira, 5 de maio de 2020

Isaac Bardavid


Arquivo de Som:

Capitão Haddock em As Aventuras de Tintin


Biografia:

Isaac Bardavid é um dublador Carioca.

Isaac Bardavid nasceu em 13 de Fevereiro de 1931 em Niterói, Rio de Janeiro.

Teatro

Isaac começou a carreira como ator no teatro em 1948.

Sua primeira peça, foi pelo Teatro de Arte do Rio de Janeiro, de Maria Jacintha, Dias Felizes (1949), ao lado de Dalila Geraldo, Nely Rodrigues, Nicette Bruno, Narto Lanza, e Roberto Galeno, no Teatro Municipal de Niterói.

No ano seguinte, estava no Grupo Dramático Fluminense, na peça, Eduardo Garrido, o Mártir do Calvário (1950), com Zezé Macedo, Luiz Odracir, João Pinto, Yeda Carramanhos, Jorge Pinto, Américo Aguiar, Waldyr Nunes, Francisco Varandas, Guiomar Melo, e Aldo Melo, no Clube do Fluminense.

Em seguida, ingressa no Teatro Educativo do Instituto La-Fayette, atuando na peça O Dote (1950), de Artur Azevedo, ao lado de Aristides Sampaio, Daysi Ladeira, Eugênio Vasconcelos, Herli Drumond, José Américo Mutschaewski, Luís Carlos Saroldi, Miriam Grilo, e Nilmar Lnetine, no Instituto La-Fayette.

Em 1952, ingressa na Companhia Carlos Couto (Carlos Couto - Aurora Aboim), atuando nas peças, Pedido de Casamento (1952), Duas Ostras no Paraíso (1952), O Atentado (1952), Nina (1952), Viúva, Porem Honesta (1952), O Dote (1952), A Luva (1952), Os Inimigos Não Mandam Flores (1952), Helena Fechou a Porta (1952), e O Rei Maracá (1952), no Teatro João Caetano, de Niterói.

Na companhia, esteve ao lado de Aurora Aboim, Irema Isi, Luis Carlos Saroldi, Diva Sônia, Elita Diniz, e outros.

Em seguida, entra para a Escola Dramática Martins Pena, atuando na peça infantil, A Banana Que Gostava do Macaco (1953), com Beatriz Veiga, Carlos Murtinho, Telcy, Vitória Garofalo, e Eloísa Menezes, no Conservatório Nacional de Teatro.

No mesmo ano, atua na peça, Será Que Papai Noel Existe? (1953), de Talita Miranda, ao lado de Maria Stella Pacheco da Costa, em Niterói, dedicada ao Natal dos Pobres.

No mesmo ano, retorna ao Teatro de Arte do Rio de Janeiro, de Maria Jacintha, atuando na peça, A Dama da Madrugada (1954), interpretando seu primeiro papel principal em peças, com Nathalia Timberg, Beatriz Veiga, Ribeiro Fortes, Jorge Gonzaga, Regina de Aragão, e outros. Ficou até 1955 na companhia

Em seguida, entra para o Grupo Os Intérpretes, aonde dirigiu as peças, Os Mortos Sem Sepulturas (1955), com Hélia Fernandes, Luís Carlos Saroldi, Geraldo Serrano, Hertz Lemos, e outros, e O Príncipe e o Regente (1955), ambos no Teatro Municipal de Niterói.

Atores e Atrizes no Piccolo Teatro, em Milão (1956)

Em 7 de Outubro do corrente ano, embarca para a Itália um estudo teatral, visitando teatros pelo continente europeu a mando do teatrólogo Duse, e tendo como professora, Rosa Carlos Magno. Na viagem, esteve ao lado de atores e atrizes, como Othon Bastos, e Tereza Raquel.

Estudantes na Inglaterra (1956)

Entre os países que estiveram, estão Itália, Inglaterra, França, Espanha, e Portugal, tendo na Itália visitado os teatros de Milão, e na Inglaterra, os de Londres, entre outros. Na Itália, Isaac ficou para fazer um curso de teatro, e outros atores e atrizes ficaram em outros países para o mesmo. Todos retornaram em Janeiro de 1956.

No mesmo ano, retorna ao Grupo Os Intérpretes, e atua nas peças, Mortos Sem Sepultura (1956-57), dirigindo e atuando, no Teatro João Caetano, em Niterói, e em 1957 no Teatro Cultura da Bahia, e A Margem da Vida (1956), também dirigindo e atuando, no Teatro João Caetano, em Niterói.

Isaac, esteve em um Ballet em prol do Icaraí Praia Clube no Teatral Municipal em 1957, declamando, ao lado de atores e atrizes como Maria Parecida Pimentel Vieira, Tânia Silva Feitosa Almeida, Sérgio Santos Mendes, Luiz Medalha Filho, Maria Lúcia Santos, e outros. Cada um fez uma apresentação. A maioria no piano, alguns cantando, e outros declamando, como Isaac.

Em 1957, Isaac fundou o Grupo Proscênio, mas acabou não lançando nenhuma peça.

No ano seguinte, ingressa no Clube Dramático Fluminense, atuando na peça, Um Homem (1958), Hertz Lemos, Fernando Bonorino, Daniel Gonçalves, João Pinto, Valdir Nunes, Luiz Almeida, e outros, no Clube do Flamengo.

No mesmo ano, se destacou no Festival de Teatro Amador, promovido pela Fundação Brasileira de Teatro, pela atuação na peça Mortos Sem Sepultura (1956-57).

Em 1959, se apresentou em São Gonçalo para declamar, ao lado de Laênio Batista, Eliane Azeredo, Antônio Silva, e Vera Lúcia Coelho.

Elenco do Festival Preto e Branco (1959)

No mesmo ano, participa do recital de poesia e teatro, chamado Festival Branco e Preto (1959), ao lado de Ruth Escobar, e dos integrantes do Teatro Novos Comediantes (TNC) de São Paulo, Alvim Barbosa, Hilton Viana, Tina Rinakdi, Ester Felleger, e Beatriz Barros.

Na ocasião diziam que Isaac também fizera parte do TNC em São Paulo, mas não há confirmação se se juntou posteriormente ao grupo, ou fizeram parte desde a capital paulistana.

O festival foi feito no Rio de Janeiro, no Teatro Municipal, e os poemas lidos, foram de Carlos Drummond de Andrade, Manuel Bandeira, Shakespeare, Fernando Pessoa, Henriqueta Lisboa, Mário de Andrade, Fernando Mendes Viana, entre outros.

Em 1960, fez parte do Movimento Estudantil de Cultura Artística, de Niterói, atuando como diretor de teatro. Entre as peças que dirigiu, estão A Raposa e As Uvas (1960), A Cidade Assassinada (1960), e Alegres Canções na Montanha (1960), apresentadas no Clube da Canoa, em Niterói.

No mesmo ano, ingressa no Teatro União Fluminense dos Estudantes (TUFE), pela União Fluminense dos Estudantes, dirigindo a peça, A Beata Maria do Egito (1961), de Rachel de Queiroz. A peça foi ensaiada de final de 1960, até início de 1961. A peça teve a atuação de Roulien Pinto Camilo, Telma Portugal, Luiz Zolttman, e José Fortes, e foi levada ao Teatro Municipal de Niterói.

Após isso, atua nas peças, O Santo Inquérito (1966), pelo Teatro Jovem, com Eva Vilma, Vinicius Salvatori, e Paulo Gracindo, no Teatro Jovem.

Gota D'Água (1975), com Bibi Ferreira, Bete Mendes, Sônia Oiticica, Selma Lopes, e grande elenco, no Teatro Tereza Rachel.

Rasga Coração (1979)

Rasga Coração (1979-80), com Raul Cortez, Sônia Guedes, Antonio Petrin, Ary Fontoura, e Lucélia Santos, no Teatro Villa-Lobos.

Passageiros da Estrela (1980), com Melise Maia, Ruth de Souza, e Miriam Thereza, no Teatro Villa-Lobos.

Viveiro dos Pássaros (1981), de João de Barro, com Grande Otelo, e Élida L'Astorina, no Teatro Casa Grande.

O Julgamento de Otelo (1983), Suely Franco, Alexandre Lippiani, Nadia Maria, Telmo de Avelar, Mário Brasini, Rodolfo Mayer, e outros, no Teatro Imperial.

Sangue no Pescoço do Gato (1987), ao lado de Samir Murad, Lauri Prieto, Ivan de Almeida, e outros, no Teatro Museu de Arte Moderna.

Do Lado Esquerdo (1987), Luiz Zaga, Cauby Costa, e Andrea Gama, no Teatro Aliança Francesa da Tijuca.

Isaac Bardavid, Isis Koschdoski, Selma Lopes (1988)

Vestido de Noiva (1988), com Selma Lopes, Isis Koschdoski, Eduardo Dascar, Neila Tavares, Sheila Matos, e outros, no Teatro Dulcina.

E, O Dibuk, o Demônio (1989), com Ida Gomes, e Georgia Goldfarb, no Teatro Villa-Lobos.

Em 1990, foi convidado pelo Centro Cultural Banco do Brasil para fazer leitura dramatizada de tragédias gregas, ao lado de Melise Maia, e outros atores no auditório da CCBB.

Posteriormente, atua nas peças, Superpappy (1991), com Cláudio Cavalcanti, e Maria Lucia Frota, no Teatro da Barra.

Trair e Coçar é Só Começar (1992), de Marcos Caruso, direção de Atílio Ricco, ao lado de Ana Rosa, e outros, no Teatro Óperon.

Um Sábado em 30 (1993), de Eduardo de Filippo, ao lado de Ilva Niño, Gabriela Alves, Cristina Mayrink, e Lafayette Galvão, no Teatro Dulcina.

Um Não Sei Quê, Que Nasce Não Sei Onde (1993), com Nicette Bruno, Maria Fernanda, Beatriz Veiga, e Jorge Cherques,

E, O Guarani (1998), ao lado Murilo Rosa, Fernanda Rodrigues, Esperança Motta, Gabriel Braga Nunes, Emílio Orciolo Neto, e Regina Antonini, no Teatro dos Grandes Atores, fazendo parte do Projeto Coca-Cola de Teatro Jovem.

Em 2000, fez parte do 1º Ciclo de Leitura do Teatro Grego, em Niterói, dirigindo a leitura dramatizada de Édipo Rei (2000).

Anos depois, atua nas peças, A Força do Destino (2006), ao lado de Antonio Fragoso, Ana Velloso, e outros, no Centro Cultural Telemar.

E, Nenê Bonet (2008), de Janet Clair, com Francisco Cuoco, Tony Ramos, e outros, no Centro Cultural Banco do Brasil - Teatro I.

Participa novamente de leitura dramatizada, agora na Sala Carlos Couto no Teatro Municipal em 2009, lendo O Sétimo Dia, de Ari Chan.

A partir do ano seguinte, atua nas peças, O Diário de Anne Frank (2010), ao lado de Milton Gonçalves, Inez Viegas, Pierre Baitelli, e outros, no Teatro Maison de France.

Epheitos Kolaterais (2010), pela Companhia Quem São Esses Caras?, ao lado de Carla Faour, Charles Fricks, Rita Elmor, Anderson Cunha, Charles Paraventi, entre outros, no SESC Copacabana.

A Arte de Escutar (2011), atuando como diretor, pela Companhia Arte de Interpretar, no Teatro Municipal de Niterói.

E, Um Estranho no Ninho (2015), Vitor Thiré, Tatiana Muniz, Ricardo Ventura, e outros, no Centro Cultural Justiça Federal.

TV Rio

Na TV, esteve na TV Rio em meados dos anos de 1950.

Isaac Bardavid (1956)

Entre outros, esteve na peça, Massacre (1956), ao lado de Carlos Couto, Graça Melo, e outros.

TV Tupi (RJ)

Em 1960, estava na TV Tupi.

Na emissora, atuou principalmente em peças teatrais. Entre elas, estão as feitas nos programas, O Contador de Histórias, Os Homens Querem Paz (1960). Minha Melhor História de Crime, O Rabicho de Hi Wing Ho (1960). Teatro de Comédias, O Maluco Número Quatro (1961), e Com Vestido de Madame (1962). Teleteatro, Nei no País das Maravilhas (1961). Além de em 1960, atuar em peças de um programa dirigido por Dulcina de Morais.

Também esteve no programa de Jacy Campos, Câmera Um, nas peças Jack, O Estripador (1964), A Casa do Portão Vermelho (1964), e Sangue no Sub-Solo (1964).

Em séries, esteve na série infantil, Pererê (1962), ao lado de Cleonir dos Santos, Bruno Netto, Zilka Salaberry, Suzy Arruda, e Carlos Alberto.

Em programas humorísticos, esteve em Rua do Ri-Ri-Ri (1963), ao lado de Dorinha Duval.

TV Rio

Sai da TV Tupi em 1965, e ingressa na TV Rio.

Na emissora, entre outras, atua na novela, O Porto dos Sete Destinos (1965), ao lado de Álvaro Aguiar, Ana Ariel, Paulo Gracindo, Henrique Martins, Teresa Amayo, e Roberto Maya.

Em 1967, se afasta da TV, para se dedicar ao cinema.

Rede Globo

Retorna à TV em 1970, ingressando na Rede Globo.

Na emissora, atua nas novelas Irmãos Coragem (1970), Meu Pedacinho de Chão (1971-72), Selva de Pedra (1972), Fogo Sobre terra (1974), Vejo a Lua no Céu (1976), O Feijão e o Sonho (1976), Escrava Isaura (1976), Locomotivas (1977), e O Astro (1977).

TV Bandeirantes

Em 1979, vai para São Paulo, e atua na novela, Cara a Cara (1979), ao lado de Fernanda Montenegro, Ankito e grande elenco.

Rede Globo

No mesmo ano, retorna a Rede Globo.

Na ocasião, atuou em diversas séries da emissora, como Sítio do Picapau Amarelo (1979, 1982), Globo Repórter (1979), Carga Pesada (1979), Tributo a Procópio Ferreira (1979), Caso Verdade (1982-83), entre outros.

Em novelas, esteve em, Terras do Sem Fim (1981), e Alice & Alice (1983).

Em meados dos anos de 1980, substitui Antônio Patiño na dublagem de Bruce Kane no programa Chico Anysio Show.

Rede Manchete

Em 1986, entrou para a Rede Manchete, aonde atuou nas minisséries, Dona Beija (1986), e Tudo Ou Nada (1986).

Rede Globo

Isaac Bardavid (1988)

De volta a Rede Globo, atua nas novelas O Primo Basílio (1988), Bebê a Bordo (1988-89) e Gente Fina (1990), e na série, Desejo (1990).

Rede Manchete

Em 1991, atua em mais duas minisséries na Rede Manchete, Ilha das Bruxas (1991), e O Fantasma da Ópera(1991).

Também esteve no programa policial, Fronteiras do Desconhecido (1991).

Rede Globo

Em 1993, participa das novelas, Você Decide (1993), e A Viagem (1994), na Rede Globo.

Rede Manchete

Em 1995, atua em sua ultima novela na Rede Manchete, Tocaia Grande (1995).

Rede Globo

No ano de 2000, já afastado das novelas a 5 anos, e 6 afastado da Rede Globo, volta a emissora, e atua nas novelas O Cravo e a Rosa (2000), A Padroeira (2001), e Chocolate Com Pimenta (2004).

Também atuou na série infantil, Sítio do Pica-pau Amarelo (2001).

HBO

Em 2005, atuou na série, Mandrake (2005), do canal a cabo, HBO.

Multishow

No mesmo ano, atua em outra série, Cilada (2005), agora no canal a cabo, Multishow.

Rede Globo

Isaac Bardavid (2007)

Isaac retorna a Rede Globo em 2007, aonde atua novelas, Eterna Magia (2007), Malhação (2008), e Negócio da China (2008-09).

Em séries infantis, retorna ao Sítio do Pica-pau Amarelo (2006), já com outro personagem.

Isaac Bardavid (2010)

Em série diversas, esteve em Faça Sua História (2008), Casos e Acasos (2008), S.O.S. Emergência (2010), e Lara Com Z (2011),

Em humorismo, atua em Zorra Total (2008). E em especiais, atua em, Papai Noel Não Existe (2010).

Rede Record

Em 2012, retorna à São Paulo depois de 33 anos, e atua na novela, Rei Davi (2012), na Rede Record.

Rede Globo

No ano seguinte, retorna  Rede Globo, e está presente nas novelas Salve Jorge (2012-13), e Horizonte (2013), e no humorístico, Zorra Total (2014-15), como Doutor Felizberto.

Rede Record

Novamente na Rede Record, faz uma participação na novela, Milagres de Jesus, no episódio A Cura do Servo do Sumo Sacerdote (2015).

Rede Globo

Em 2016, atua novela, Totalmente Demais (2016), e na série, Dois Irmãos (2017), na Rede Globo.

Cinema

Juca Chaves, Isaac Bardavid, e Sandra Tereza (1966)

No Cinema estreou em 1968, em A Viagem Prometida (1968), seguido de Um Sonho de Vampiros (1969), Os Campeões (1982), Meu Pai (2003), O Escaravelho do Diabo (2016), Carcereiros: O Filme (2019), e Karsmênia (2020).

Prêmios

Em 2004, ganhou o Prêmio Yamato como melhor dublador de ator coadjuvante por Esqueleto (Brian Dobson), da série He-Man e Os Mestres do Universo (2002-04).

Livro

Isaac Bardavid e Dário de Castro (2016)

Isaac sempre gostou de, não só recitar poemas, mas como também escreve-los. E fez isso a vida inteira. Em 2016, teve a oportunidade de lançar um livro com muitos desses poemas, chamado Versos Adversos (2016).

Vida Pessoal

Em sua vida pessoal, Isaac tinha um irmão chamado Aron Bardavid, noivo de Elka Bardavid em 1955, se casando em 1956. Na ocasião, Isaac, que estava na Europa, retornou ao Brasil apenas para o casamento do irmão, voltando logo em seguida à Europa, para dar prosseguimento a seu curso teatral.

Também teve uma irmã, chamada Joya Bardavid, casada com Marcus Milton Regoni desde 1955.

No final dos anos de 1920, ao chegaram no Brasil, os pais de Isaac Bardavid, Haim Bardavid e Vitória Bardavid, vindos da Turquia, fundaram a Casa Sion, uma loja de roupas de cama, mesa e banho, localizada na Rua Visconde do Uruguai, 340, centro de Niterói. Até 1955, fundaram outras duas lojas

Vitória Bardavid, Isaac Bardavid, familiares e amigos (1961)

Em 1950, Haim e Vitória requereram ao Presidente da República, Eurico Gaspar Dutra, a nacionalidade brasileira. Em 11 de Setembro de 1951, Haim e Vitória foram violentamente atropelados no bairro do Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, levando Haim a óbito no mesmo dia, e levando Vitória ao Hospital Miguel Couto em estado grave.

Após isso, Vitória tomou conta sozinha da empresa, ao lado dos filhos Isaac Bardavid e Aron Bardavid. No final dos anos de 1950, Isaac se retira da sociedade com a família.

Por volta de 1964, funda, junto ao filho Aron, a loja Prelude. Há informações da mesma estar funcionando ainda em 1975.

No início dos anos de 1960, Isaac já estava casado. Infelizmente não conseguimos o nome de sua esposa, nem de seus filhos.

Dublagem

Na dublagem, entrou em 1959 na CineCastro, sendo um dos primeiros dubladores brasileiros, e um dos pioneiros da empresa, participando da primeira série dublada pela empresa, Charlie Chan.

Nos anos de 1960, também passou pela Riosom, Peri Filmes, e Dublasom Guanabara. Nos anos de 1970, ingressa também na Tecnisom, Telecine e Herbert Richers.

Nos anos de 1980, também ingressa na Delart, seguida da VTI. Em 1986, parou de dublar, retornando apenas nos anos de 1990.

Nos anos de 1990, passou pelos estúdios Sincrovídeo, Áudio News, e Wan Macher/Wan Marc.

Nos anos 2000, esteve na Sérgio Moreno Filmes. E nos anos de 2010, na Beck Studios, Cinevídeo, TV Group Digital (RJ), e MGE Studios. Entre outros.

Freddy Krueger

Entre seus trabalhos, temos em filmes, Freddy Krueger interpretado por Robert Englund na franquia A Hora do Pesadelo 1, 2, 3, 4, 5 e 6 dublada no Rio de Janeiro, Ben Obi-Wan Kenobi interpretado por Alec Guinness nos episódios IV, V e VI de Star Wars, além dos atores Kevin McNally na franquia Piratas do Caribe, Hugh Jackman na franquia X-Men, Jim Broadbent na franquia Harry Potter, Marlon Brando na franquia Superman, e John Hurt na franquila Hellboy.

Anthony Hopkins

Além dos atores em franquias, temos também Spencer Tracy em Edison - O Mago da Luz, e Julgamento em Nuremberg, Albert Finney em Ajuste Final, e Doze Homens e Outro Segredo, Richard Harris em Orca - A Baleia Assassina (1ª Dublagem), e Jogos Patrióticos, Anthony Hopkins em Alexandre, e Thor, Clint Eastwood em Bronco Billy, e Punhos de Aço, Henry Fonda em Médica, Bonita e Solteira, e Meu Nome é Ninguém, Ernest Borgnine em Comboio, e Os Doze Condenados, Jack Palance em Batman (TV/ DVD), e Tango & Cash - Os Vingadores, Kirk Douglas em Acontece Nas Melhores Famílias, e Ninho de Cobras, Michael Caine em O Grande Truque, e Viagem 2: A Ilha Misteriosa, George C. Scott em A Fórmula, e Intermediário do Diabo / A Troca, James Coburn em Pat Garrett e Billy The Kid, e O Troco, Martin Landau em  Ed Wood, e No Início, e Ian Holm em Carruagens de Fogo, e Hora de Voltar.

Além disso, já foi a voz de Peter Ustinov em Tragédia Em Três Atos, Glenn Ford em Sangue Por Sangue, Gene Kelly em Todos a Paris, Charles Bronson em Jogo Sujo, Richard Burton em O Desafio das Águias, Edward G. Robinson em Robin Hood de Chicago, Boris Karloff em A Casa de Frankenstein (1944), Burgess Meredith em Um Tiro de Misericórdia, Christopher Lee em Trem da Morte (1993), Christopher Lloyd em A Família Addams 2 (Globo), Donald Sutherland em Jogos Vorazes, Fred Astaire em A Roda da Fortuna, Gene Wilder em O Expresso de Chicago, George Kennedy em Corra Que a Polícia Vem Aí 2 1/2, James Earl Jones em Conan, O Bárbaro (1982), Sean Connery em Highlander 2: A Ressurreição (TV Paga), e Terence Stamp em Sim Senhor.

Capitão Daniel Gregg

Em séries, foi a primeira voz de Barry Chan, Filho N°1 em Charlie Chan, K.I.T.T. em Super-Maquina (1982), Adam Cartwright nas primeiras temporadas da 1ª dublagem de Bonanza, Capitão Daniel Gregg em Nós e O Fantasma, Dr. Iwamoto em Ultraman (1ª Dublagem), entre outros.

Esqueleto, Robotnik, Wolverine, Tigrão e Haddock

Em desenhos, fez a voz de Esqueleto em He-Man, Wolverine em X-Men - Série Animada, Capitão Haddock em As Aventuras de Tintin, a primeira voz de Pretorius em O Máskara, Dr. Robotnik em As Aventuras de Sonic, a primeira voz de Hugh, Pai do Taz em Taz-Mania, Thadeus Plotz em Animaniacs, a primeira voz do Comissário James Gordon em Batman - Série Animada, Rei Haroldo na franquia Shrek, Noé na franquia Happy Feet, entre outros.

Isaac Bardavid (2012)

Em desenhos Disney, foi a voz de Trigão em todos os longas e séries do Ursinho Pooh desde a série As Novas Aventuras do Ursinho Puff, substituindo André Luís que falecera, Chefe Powhatan em Pocahontas, Yao em Mulan, Filoctetes em Hércules, além de Ebeneer Scrooge em O Natal do Mickey Mouse, Chapeleiro Louco em Alice no País das Maravilhas (2ª Dublagem), Billy Bones em O Planeta do Tesouro, Rei Tritão em A Pequena Sereia: A História de Ariel, Policial Chefe Leonard Kanifky em Bonkers, Capitão Gancho em Jake e Os Piratas da Terra do Nunca, entre outros.

Isaac também foi diretor de dublagem, tendo dirigido no estúdio CineCastro nos anos de 1960, e nos estúdios RGA Studios, e Delart, entre meados dos anos de 1990, início dos anos 2000. Entre seus trabalhos de direção estão os filmes Jack, Space Jam: O Jogo do Século, Cine Majestic, Operação Cupido, e o desenho TV Quack Quack, entre outros.

No dia 6 de Março de 2017, o ator Hugh Jackman, que interpretou a personagem Wolverine nos cinemas, foi entrevistado no programa do SBT, The Noite, apresentado por Danilo Gentili. No final do programa, Danilo chamou Isaac Bardavid, a voz de Hugh nos filmes, para conhecer o ator.

Trabalhos:

Filmes

- Freddy Krueger (Robert Englund) em A Hora do Pesadelo (2ª Dublagem), A Hora do Pesadelo 2 - A Vingança de Freddy (2ª Dublagem), A Hora do Pesadelo 3 - Os Guerreiros dos Sonhos, A Hora do Pesadelo 4 - O Mestre dos Sonhos (2ª Dublagem), A Hora do Pesadelo 5 - O Maior Horror de Freddy, e A Hora do Pesadelo 6: Pesadelo Final - A Morte de Freddy
- Kevin McNally em Piratas do Caribe - A Maldição do Pérola Negra, Piratas do Caribe - Navegando em Águas Misteriosas, Piratas do Caribe - No Fim do Mundo, Piratas do Caribe - O Baú da Morte, e Operação Valquíria
- Ben Obi-Wan Kenobi (Alec Guinness) em Star Wars: Episódio IV - Uma Nova Esperança (1ª e 2ª Dublagem), Star Wars: Episódio V - O Império Contra-Ataca, e Star Wars: Episódio VI - O Retorno de Jedi
- Spencer Tracy em A Conspiração do Silêncio, Edison - O Mago da Luz, Fúria, Julgamento em Nuremberg, O Médico e O Monstro (1ª Dublagem), e Os Bandeirantes do Norte
- Hugh Jackman em X-Men: O Confronto Final, X-Men: O Filme, X-Men Origens: Wolverine, X-Men: Primeira Classe, e X-Men 2
- Jim Broadbent em Coração de Tinta - O Livro Mágico (2ª Dublagem), Gangues de Nova York, Harry Potter e As Relíquias da Morte - Parte 2, e Harry Potter e o Enigma do Príncipe
- Albert Finney em Ajuste Final, Doze Homens e Outro Segredo, Nuvens Negras, Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas
- Richard Harris em Orca - A Baleia Assassina (1ª Dublagem), Jogos Patrióticos, e Os Selvagens Cães de Guerra
- Anthony Hopkins em A Guerra de um Homem, A Lenda de Beowulf, Alexandre, Amistad e Nixon, e Thor
- Marlon Brando em Superman - O Filme (1ª Dublagem), e Superman II - A Aventura Continua
- John Hurt em Imortais, Hellboy, Hellboy II: O Exército Dourado, e V de Vingança
- James Brolin em Destruição Total - O Fim do Mundo, e Prenda-me Se For Capaz
- Clint Eastwood em Bronco Billy, Poder Absoluto (TV Paga), e Punhos de Aço
- Henry Fonda em Médica, Bonita e Solteira, Meu Nome é Ninguém, e Meteoro
- Ernest Borgnine em Comboio, Estação Polar Zebra, e Os Doze Condenados
- Jack Palance em Batman (TV/ DVD), e Tango & Cash - Os Vingadores
- Kirk Douglas em Acontece Nas Melhores Famílias, e Ninho de Cobras
- Brian Cox em Desafio do Destino, Despertar de Um Pesadelo, e Tróia
- Max von Sydow em Ilha do Medo, e O Exorcista (Versão do Diretor)
- Pete Postlethwaite em Coração de Dragão, Fúria de Titãs (2010)
- Michael Caine em O Grande Truque, e Viagem 2: A Ilha Misteriosa
- George C. Scott em A Fórmula, e Intermediário do Diabo / A Troca
- Bernard Hill em O Escorpião Rei, Na Companhia do Medo
- James Coburn em Pat Garrett e Billy The Kid, e O Troco
- Martin Landau em Cine Majestic, Ed Wood, e No Início
- Ian Holm em Carruagens de Fogo, e Hora de Voltar
- Esqueleto (Brian Dobson) em He-Man e Os Mestres do Universo
- Hercule Poirot (Peter Ustinov) em Tragédia Em Três Atos
- R.K. Maroon (Alan Tilvern) em Uma Cilada Para Roger Rabbit
- Sr. Castor (Ray Winstone) em As Crônicas de Nárnia: O Leão, A Feiticeira e O Guarda-Roupa
- Horácio Slughorn (Jim Broadbent) em Harry Potter e O Enigma do Príncipe
- Gaspar LeMarque (Albert Finney) em Doze Homens e Um Outro Segredo
- Michael Malone (John Rhys-Davies) em Os Intocáveis
- Comissário Gillian B. Loeb (Colin McFarlane) em Batman - O Cavaleiro das Trevas
- Major Colt (Carroll O'Connor) em Os Guerreiros Pilantras
- Boats O'Hara (Alan Hale) em Comboio Para o Leste
- Brecan (John Hodiak) em Assim São Os Fortes
- Orville Beecham (Charles Dierkop) em O Mensageiro da Morte
- Glastenbury (John P. Ryan) em Força Vingadora
- John Stroud (Glenn Ford) em Sangue Por Sangue
- Michael J. Andrews (Gene Kelly) em Todos a Paris
- Detetive Lou Torrey (Charles Bronson) em Jogo Sujo
- Maj. Jonathan Smith (Richard Burton) em O Desafio das Águias
- Big Jim Stevens (Edward G. Robinson) em Robin Hood de Chicago
- Doutor Niemann (Boris Karloff) em A Casa de Frankenstein (1944)
- Finn (Burgess Meredith) em Um Tiro de Misericórdia
- General Benin (Christopher Lee) em Trem da Morte 91993)
- Tio Fester Addams (Christopher Lloyd) em A Família Addams 2 (Globo)
- Presidente Snow (Donald Sutherland) em Jogos Vorazes
- Tony Hunter (Fred Astaire) em A Roda da Fortuna
- George (Gene Wilder) em O Expresso de Chicago
- Ed Hocken (George Kennedy) em Corra Que a Polícia Vem Aí 2 1/2
- Thulsa Doom (James Earl Jones) em Conan, O Bárbaro (1982)
- Ramírez (Sean Connery) em Highlander 2: A Ressurreição (TV Paga)
- Terrence (Terence Stamp) em Sim Senhor

Séries

- Barry Chan, Filho N°1 (James Hong) (primeira voz) em Charlie Chan
- K.I.T.T. (William Daniels) em Super-Maquina (1982)
- Adam Cartwright (Pernell Roberts) em Bonanza (Peri Filmes)
- Pop (J. Anthony Brown) em Mais Que Uma Família
- Capitão Daniel Gregg (Edward Mulhare) em Nós e O Fantasma
- Dr. Iwamoto (Akihiko Hirata) em Ultraman (1ª Dublagem)

Desenhos

- Esqueleto em He-Man
- Wolverine em X-Men - Série Animada
- Capitão Haddock em As Aventuras de Tintin, e Tintin e Os Prisioneiros do Sol (Longa-Metragem)
- Pretorius (primeira voz) em O Máskara
- Dr. Robotnik / Dr. Eggman em As Aventuras de Sonic, Sonic Underground, e Sonic X
- Tigrão em A Maior Aventura do Ursinho Puff (Longa-Metragem), Tigrão - O Filme (Longa-Metragem), Leitão - O Filme (Longa-Metragem), Ursinho Pooh: Um Ano Muito Feliz (Longa-Metragem), Winnie The Pooh - O Filme (Longa-Metragem), As Novas Aventuras do Ursinho Puff, O Livro do Pooh - Diversão Com Os Amigos, e Meus Amigos Tigrão & Pooh
- Chefe Powhatan em Pocahontas (Longa-Metragem), e Pocahontas II: Uma Jornada para o Novo Mundo (Longa-Metragem)
- Yao em Mulan (Longa-Metragem), e Mulan 2 - A Lenda Continua (Longa-Metragem)
- Filoctetes em Hércules (Longa-Metragem), e Hércules - Série Animada
- Ebeneer Scrooge em O Natal do Mickey Mouse (Longa-Metragem)
- Chapeleiro Louco em Alice no País das Maravilhas (2ª Dublagem) (Longa-Metragem)
- Billy Bones em O Planeta do Tesouro (Longa-Metragem)
- Rei Tritão em A Pequena Sereia: A História de Ariel (Longa-Metragem)
- Policial Chefe Leonard Kanifky em Bonkers
- Capitão Gancho em Jake e Os Piratas da Terra do Nunca
- Chefão F.O.C.O. Um em Dinamite, o Bionição
- Lord Darkar em O Clube das WINX
- Drácula (uma das vozes), Diretor Auto Astral (uma das vozes), Ernest, e personagens secundários em As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy
- Bostalk em Trigun
- Hugh, Pai do Taz (primeira voz) em Taz-Mania
- Thadeus Plotz em Animaniacs
- Comissário James Gordon (primeira voz) em Batman - Série Animada, Batman: A Máscara de Fantasma (Longa-Metragem), e Super Choque
- Virman Vundabar em Liga da Justiça
- Ibac, e Adão Negro em Shazam
- Zarm (segunda voz) em Capitão Planeta
- Imperador Zordar em Patrulha Estelar
- Dr. Gaia em Cyborg 009
- Chefe Yoshida em O Pirata do Espaço
- Jaga em Thundercats (2011)
- Sr. Beady em O Segredo dos Animais
- Rei Haroldo em Shrek 2 (Longa-Metragem), Shrek Terceiro (Longa-Metragem), e Shrek Para Sempre (Longa-Metragem)
- Noé em Happy Feet - O Pinguim (Longa-Metragem), e Happy Feet 2 - O Pinguim (Longa-Metragem)
- Buck Strickland (segunda voz) em O Rei do Pedaço
- Wrath-Amon em Conan, o Bárbaro
- Wotan e Desaad em Justiça Jovem
- Professor Talu Mizuki em Os Sábados Secretos
- Senhor do Fogo Ozai (primeira voz) em Avatar - A Lenda de Aang
- Máscara Negra em Batman Contra o Capuz Vermelho (Longa-Metragem)
- Lloyd Steam em Steamboy
- Echidna em A Lenda dos Guardiões (Longa-Metragem)
- Dr. Donald Todd em Super Choque

Novelas

- Marcelo Céspedes (Alfonso Vallejo) em A Rainha do Tráfico

Trabalhos de Direção Dublagem:
 
Filmes

- O Homem Indestrutível
- Angels in the Endzone
- The Barefoot Executive
- Laços de Sangue
- Sangue Amargo
- Meu Amigo Bicho-Papão
- Jack (1996)
- Meu Encontro Com a Filha do Presidente
- Paixões Paralelas
- Hurricane - O Furacão (Junto com Garcia Junior)
- Space Jam: O Jogo do Século
- Força Aérea Um
- Con Air - A Rota da Fuga
- Antes e Depois
- A Cidade do Halloween

Séries

- Amerika (1987)

Desenhos

- TV Quack Pack

Fontes: Tribuna da Imprensa, Correio da Manhã, Todo Teatro Carioca, Diário de Notícias, Acervo Pessoal, Dublanet, Dramaturgia Brasileira - In Memoriam, A Luta Democrática, O Cruzeiro, Guanabara Fluminense, O Fluminense, Jornal do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página