quinta-feira, 28 de maio de 2020

Terezinha Moreira


Arquivo de Som:

Lady Cluck em Robin Hood (Disney)


Biografia:

Terezinha Moreira foi uma dubladora Carioca.

Teresinha Moreira Ribeiro (também conhecida como Terezinha, e Therezinha) nasceu em 2 de Maio de 1931, na cidade do Rio de Janeiro.

Rádio Tupi

Terezinha Moreira (1950)

Terezinha pensava em cursar o magistério, porém ainda adolescente entrou para um concurso de rádio na Rádio Tupi, organizado por Restier Junior. O concurso escolhia quem ficaria no lugar da recém saída Norka Smith, e Terezinha foi a escolhida. Isso se deu no ano de 1946.

já trabalhava no humorismo em 1949 na emissora ao lado de Orlando Drummond, Luiza Nazareth, e Germano
O Teatro das Quatro (1949),

Entre as primeiras coisas que fez na emissora, estão as novelas, como: O Noivado de Paulo (1948), novela de 5 minutos de duração, Os Que Não Podem Amar (1949), O Verdadeiro Amor (1951), Solidão (1952), Os Três Segredos de Maria Clara (1952), Sua Vida Me Pertence (1952), O Preço de Uma Vida (1953), entre outras.

Terezinha Moreira (1956)

Em atuações diversas, participava do Rádio Sequência G-3, aonde atuou no quadro: Compositor Caixa de Fósforo (1949), ao lado de Matinhos.

Já em programas variados, atuou em Sua História Numa Canção (1949).

Nessa época, já começava a se destacar em programas humorísticos, tendo feito parte de programas, como: Levertimentos (1951), ao lado de Zé Trindade, Matinhos, Nancy Wanderley, Jaime Filho, e outros, Semana no Rádio (1951), ao lado de Orlando Drummond, Otário França, Castro Gonzaga, e outros, Um Dia na Feira (1952), ao lado de Orlando Drummond, Duarte de Morais e outros; entre outros.

Rádio Mundial

Em 1955, se retira da Rádio Tupi, e vai para a Rádio Mundial, aonde atua, em outras nas novelas: Alma de Mulher (1955), A Mentira (1955), e Se Esta Rua Fosse Minha (1955).

Rádio Mayrink Veiga

Ainda em 1955, no dia 1 de Março vai para a Rádio Mayrink Veiga, entrando na mesma ocasião que Neyda Rodrigues.

Terezinha Moreira (1957)

Na emissora, primeiramente começou a atuar em rádionovelas, como: Legião dos Esquecidos (1955), O Homem da Casa Vermelha (1956), Entre o Céu e a Terra (1956), de Ênio Santos, O Testamento (1957), O Homem Sem Passado (1957), A Quarta Guerra Mundial (1957), Meu Pai (1957), entre outras.

Apesar de suas participações em novelas, são novamente nos programas humorísticos que Terezinha se destaca. E está na emissora certa, já que a Mayrink foi a rádio mais conhecida do rádio brasileiro no quesito humor.

Zé Trindade, Terezinha Moreira e Matinhos em Regra de Três (1962)

Atuou nos programas: Vai da Valsa (1956-60), ao lado de Chico Anyzio, Zé Trindade, Estelita Bell, e outros, Levertimentos (1956), agora migrado para a Mayrink, ao lado de Chico Anyzio e outros, Vai Levando... (1956-57), de Chico Anyzio, ao lado de Paulo Gonçalves, Ema D'Ávila, Estelita Bell, e outros, Time de Comédias (1957), de Chico Anysio, De Conversa em Conversa (1957), de Chico Anysio, Time de Comédias Piraquê (1957), ao lado de Ema D'Ávila, Zé Trindade, Geraldo Alves, entre outros, Gente Que a Gente Encontra (1960), ao lado de Altivo Diniz, e Abel Pêra, e Regra de Três (1962), ao lado de Zé Trindade, e Matinhos.

Terezinha Moreira, Selma Lopes e filhas no Natal da Mayrink Veiga (1959)

Em programas variados, participou dos programas: Programa Luiz Vassalo, no quadro Buraco da Fechadura (1955), de Chico Anyzio; e do programa: Falando à Mulher (1957).

Fica na emissora até 1965, quando a mesma encerra suas atividades.

Terezinha foi considerada uma grande comediante do Rádio, ao lado de Chico Anísio, Zé Trindade, Grande Otelo, Matinhos, Ema D'Ávila, e tantos outros. Trabalhou com eles tanto na Mayrink Veiga, como na TV Rio, e com alguns deles na TV Globo.

TV Rio

Terezinha Moreira (1956)

Em 1956 é convidada a trabalhar na versão radiofônica de Lá Vem Dona Isaura, chamada: Dona Isaura é de Matar (1956), de Haroldo Barbosa, ao lado de Antônio Carlos, e dos já companheiros de Mayrink, Matinhos, Zé Trindade, Ema D'Avila e Macedo Neto.

TV Tupi

Terezinha Moreira e Antônio Carlos (1959)

Em 1958, o programa é transferido para a TV Tupi, mudando o nome para Aí Vem Dona Isaura (1958), e mantendo-se do elenco original apenas Terezinha e Antônio Carlos. Ao seu lado, atuaram também Darci de Souza, Paulo Gonçalves e Jayme Filho. O programa também é escrito por Haroldo Barbosa.

Na emissora também atuou no programa Tele-Teatro, em peças como: O Fugitivo (1962), ao lado de Paulo Gonçalves, Suely Franco, e Maurício Sherman.

TV Globo

Faça Humor Não Faça Guerra (1970)

Na TV Globo ingressou por volta de 1970, sendo convidada para participar do programa humorístico: Faça Humor, Não Faça Guerra (1950), estrelado por Jô Soares, Renata Fronzi, Geraldo Alves, Renato Corte Real, e outros. Também atuou no humorístico: Uau (1970), ao lado de Consuelo Leandro, Agildo Ribeiro, Grande Otelo, Lúcio Mauro, Geraldo Alves, Rony Cocegas, Brandão Filho, e grande elenco.

O Cafona (1971)

Em novelas, atuou em: O Cafona (1971), como Deolina.

Terezinha Moreira (1980)

Atuou também em episódios do programa Caso Especial, como: Meu Primeiro Baile (1972), sendo o primeiro programa inteiramente em cores gravado na TV brasileira, Chega Mais (1980), entre outros.

Em 1980 é demitida da emissora, ao lado do marido Paulo Gonçalves, e da colega Aracy Cardoso. Na época seu caso foi matéria no jornal O Fluminense.

Teatro

Em 1960, entra para a Companhia Os Associados, organizada por rádioatores da Tupi, em cabeçada por Ribeiro Fortes. Com a companhia, atuou na peça: Nó de 4 Pernas (1960-62), atuando nas várias montagens da peça.

Entre os atores e atrizes que atuaram ao seu lado nessas montagens, estão Elza Martins, Leda Maria, Luís Motta, Waldir Maia, Ribeiro Fortes, Paulo Gonçalves, Valdir Maia, Leda Maria, Ida Gomes, Norka Smith, Lauro Fabiano, Alberto Herrera, Orlando Tavares, e Édio Guerra. A direção ficou a cargo de Cláudio Correa e Castro.

Prêmios

Em 1961, ganhou o prêmio de melhor rádio-triz cômica, pelo concurso realizado anualmente pela Revista do Rádio.

Vida Pessoal

Terezinha e sua filha Lídia

Em 29 de Julho de 1950, casa-se com o diretor da fábrica de Discos Columbia, Alfredo. Pouco tempo depois nasce sua filha, Lídia Teresinha.

Por volta da década de 1960/70, casa-se com o também rádioator e dublador, Paulo Gonçalves.

Dublagem

Na dublagem entrou por volta de 1965/66 na Herbert Richers. Posteriormente também foi para a CineCastro e Tecnisom. Na Tecnisom participou, entre outras de algumas dublagens para Disney.

Nos anos de 1980, permaneceu apenas na Herbert Richers.

Olívia Palito

Terezinha era chamada principalmente para participar em desenhos, para fazer vozerios e personagens característicos, mas sua maior marca foi dublar a personagem Olívia Palito no desenho Popeye, sendo a primeira e mais constante voz da personagem na Herbert Richers, imitada por todas as suas outras predecessoras. Fazia uma voz aguda e acelerada, dando o tom certo à personagem. Em meados de 1980 se afastou da dublagem e quem pegou seu personagem foi Adalmária Mesquita, tendo posteriormente sido feito por Lina Rossana.

Lady Cluck

Alem de Olívia, Terezinha foi a voz da galinha Lady Cluck no longa-metragem da Disney, Robin Hood, além de outros personagens em longas Disney, como a Gansa Abigail em Aristogatas, e Giddy na segunda e mais conhecida dublagem Dumbo.

Joanne Dru

Em filmes, entre outros foi a voz de Milly Elder interpretada por Joanne Dru em O Tratado dos Moicanos, Diana Boley interpretada por Jennifer Salt em Os Demônios do Seis Séculos, entre outras.

Permaneceu na dublagem até por volta de 1985/86.

Por volta de 2007, residia em Lambari, Minas Gerais.


Terezinha já é falecida.

Trabalhos:

Filmes

- Milly Elder (Joanne Dru) em O Tratado dos Moicanos / Não Renego o Meu Sangue
- Veta Louise Simmons (Josephine Hull) em Meu Amigo Harvey
- Diana Boley (Jennifer Salt) em Os Demônios do Seis Séculos

Séries

- Denise Reynolds (Taaffe O’Connell) em A Super Máquina (1982) (Terceira Temporada)

Desenhos

- Olívia Palito (primeira voz) em Popeye (Herbert Richers)
- Lady Cluck em Robin Hood (Disney)
- Gansa Abigail em Aristogatas
- Giddy em Dumbo (2ª Dublagem)
- Princesa Yasminda em As Mil e Uma Noites Árabes (1959)

Fontes: Silvio Navas, Miguel Rosenberg, Hemeroteca Digital, Revista do Rádio, O Jornal, Gazeta de Notícias, A Scena Muda, Jornal da Noite, Jornal do Brasil, O Cruzeiro, Última Hora, Diário de Notícias, Marcelo Almeida, Dublanet, Rotten Romatoes.

Ary de Toledo


Arquivo de Som:

Kwai Chang Caine (David Carradine) em Kung-Fu / Rocky em Looney Tunes


Biografia:

Ary de Toledo foi um dublador Paulistano e Carioca.

Início

Ary de Toledo começou a carreira no Rádio na década de 1940.

Rádio

Um de seus primeiros trabalhos no rádio foi como escritor. Na ocasião, escreveu a vida de Castro Alves, e a vida de Álvares de Azevedo. Ambos foram um sucesso no rádio.

Partiu para outra emissora, indicado pelo amigo e jornalista Afonso Schmidt, para desempenhar o papel de locutor em um jornal falado. Na época, Ary morava no bairro da Penha, e acordava 4 da manhã para chegar na rádio para conseguir ser o primeiro a passar a notícia para os ouvintes. Para isso, comprava o primeiro jornal que saia nas bancas, e ia correndo para os estúdios da rádio redigir a notícia, para logo em seguida lê-la a seus ouvintes.

Jornal Êxito

Ary também trabalhou como colunista, escrevendo para o jornal Êxito por volta de 1946, aonde trabalhava ao lado de Blota Junior, Egas Miniz, Gil Neto, e Ari Falconi, também colunistas no jornal. Ary escrevia sobre rádio no jornal. Nessa época, também fazia entrevistas com celebridades para o seu jornal.

Rádio São Paulo

Um tempo depois, é contratado pela Rádio São Paulo. Em 1947, inaugura o seu jornal falado. Para isso, reúne jornalistas no salão nobre da emissora, no dia 25 de Julho do corrente ano, as 21 horas.

Ary foi tão famoso na época em que trabalhava em jornal e rádio, que chegou muitas vezes a ser entrevistado.

Na década de 1950 e 1960, continuou trabalhando na área de locução.

Dublagem

Ary de Toledo começou na dublagem no início dos anos de 1960 na AIC. Na emissora, eternizou muitos personagens, como a primeira voz de Blau-Blau em Ricochete e Blau-Blau, a voz do gato Bacamarte em Bacamarte e Chumbinho, Barney Collier interpretado por Greg Morris nas 3 primeiras temporadas de Missão Impossível, a voz do Major Don West interpretado por Mark Goddard em Perdidos no Espaço, entre outros.

Bacamarte em Bacamarte e Chumbinho

Na AIC, alem de dublar, também dirigiu. Entre suas direções, estão as séries, aonde dirigiu alguns episódios da segunda temporada, e a maioria dos episódios da terceira temporada de Perdidos no Espaço, a segunda temporada de Jornada nas Estrelas, e Adaga de Salomão, entre outras.

Por volta de 1968/69 transfere-se para o Rio de Janeiro, indo trabalhar na empresa TV Cinesom, principal destino dos dubladores paulistas que saiam da AIC no final da década de 1960. na emissora, trabalhou como locutor da mesma.

Versão Brasileira CineCastro, Rio de Janeiro e São Paulo

Comitantemente entrou para a CineCastro, aonde trabalhou como dublador, narrador e diretor de dublagem. Era dele a voz que dizia no final dos anos de 1960, e início dos anos de 1970 na maioria das produções a frase "Versão Brasileira CineCastro, Rio de Janeiro e São Paulo". O Trabalho era tão intenso na CineCastro, que ele parou de trabalhar na TV Cinesom.

A voz de Pernalonga nas dublagens da CineCastro

Na CineCastro, imortalizou outros personagens, como a primeira voz do coelho Pernalonga (foi o que mais fez a voz do coelho na CineCastro), além de ter feito algumas vezes as vozes de Patolino e Gaguinho, ambos nos desenhos dos Looney Tunes, o Inspetor, desenho dos estúdios DePatie-Freleng, alem disso ainda fez a voz de Hayata, o Ultraman interpretado por Susumu Kurobe na série Ultraseven, entre outros.

Em filmes, chegou a dublar diversos atores, como seu carro-chefe, Richard Widmark, John Lennon, Frank Sinatra, Kirk Douglas, John Wayne, Jerry Lewis, entre outros.

A direção de dublagem de Tom e Jerry

Como diretor na CineCastro, Ary dirigiu, entre outros, a dublagem dos desenhos Tom e Jerry (muitos episódios), Super Dínamo, dividiu a dublagem de Looney Tunes e Merries Melodies com Allan Lima e outros diretores, entre outros.

David Carradine

Ary veio a falecer precocemente no final de 1974, por complicações que teve com uma cirurgia de hérnia que fez na época. Seu ultimo personagem foi Kwai Chang Caine interpretado por David Carradine na série Kung-Fu, deixando o personagem para o jovem Celso Vasconcellos.

Ary deixou um legado de vozes, de narrações e de direções, em quase 15 anos de dublagem. Foi um dos dubladores mais intensos de sua profissão na época.

Trabalhos:

Filmes

- Richard Widmark em Duelo na Cidade Fantasma, Minha Vontade é Lei, Ouro Maldito e Terra Bruta
- John Lennon em Os Reis do Ié-Ié-Ié (1ª Dublagem) e Help! (1ª Dublagem)
- Frank Sinatra em Armadilha Amorosa, e Marujos do Amor
- Kirk Douglas em À Sombra de Um Gigante e Êxito Fugaz
- John Wayne em Espírito Indomável e Legião Invencível
- Pete Mattemore (Jerry Lewis) em Um Biruta em Órbita
- Giovanni E. Columbo ''Johnny'' (Gene Kelly) em A Mão Negra
- James (Benito Stefanelli) em O Dólar Furado
- Davi (Garry Collins) em Cavalo de Ferro
- Ernst Muller (Kurt Kreuger) em A Adaga de Salomão
- Georgi (Danny Kaye) em Inspetor Geral
- Dr. No (Joseph Wiseman) em O Satânico Dr. No (1ª Dublagem)
- Robert Maynard (Keith Andes) em Barba Negra, O Pirata
- Pai Conroy (Bing Crosby) em Prece Para Um Pecador
- Bruce Templeton (Rod Taylor) em A Espiã de Calcinhas de Renda
- Jim Blandings (Cary Grant) em Lar... Meu Tormento
- Pepe Gonzales (Ricardo Montalban) em Sombrero
- Yang (Peter Chong) em A Morada da Sexta Felicidade
- Dennis Thane (Richard Gaines) em Eterno Conflito
- Delegado Will Kane (Gary Cooper) em Mater Ou Morrer
- Burt Sullivan (Franco Nero) em Adeus, Texas
- Dr. Terminer (Milton Selzer) em A Fazenda Crowhaven
- Nerva (Norman Wooland) em Quo Vadis (1ª Dublagem)
- Cochise (Jeff Chandler) em Flechas de Fogo
- Arnie Haines (Alan Dale) em Ritmo Alucinante
- Etevam de Cracóvia, Embaixador (Franco Silva) em Bogatai - Bárbaro Mongol
- Pinkum "Pinky" (Rod Steiger) em Ao Despertar da Paixão
- Vic Hansbro (Arthur Kennedy) em Um Certo Capitão Lockhart
- Tenente Steve Maryk (Van Johnson) em A Nave da Revolta

Séries

- Major Don West (Mark Goddard) em Perdidos no Espaço
- Furuhashi Shigeru (Sandayuu Dokumamushi) em Ultraseven
- Hayata / Ultraman (Susumu Kurobe) em Ultraman
- Kwai Chang Caine (David Carradine) (primeira voz) em Kung-Fu (Série)
- Chefe Sharkey (Terry Becker) na 1ª e 2ª Temporadas de Viagem ao Fundo do Mar
- Paul Lynde (Tio Arthur) (segunda voz) em A Feiticeira
- Sgt. James Kinchloe ''Kinch'' (Ivan Dixon) em Guerra, Sombra e Água Fresca
- Pinguim (Burgess Meredith) em Batman (Série - 1966)
- Barney Collier (Greg Morris) em Missão Impossível(1ª, 2ª e 3ª Temporadas)
- Pancho (Leo Carrillo) em Cisco Kid
- Davi (Garry Collins) em Cavalo de Ferro

Desenhos

- Popeye em Popeye (CineCastro)
- Pernalonga (primeira voz), Patolino (segunda voz) e Gaguinho (terceira voz) em Pernalonga e Patolino (CineCastro)
- Narrador em Máquinas Voadoras (1ª Dublagem)
- Bacamarte em Bacamarte e Chumbinho
- Blau-Blau (primeira voz) em Coelho Ricochete e Blau-Blau
- Inspetor em O Inspetor
- Matraca-Trica (segunda voz) em Matraca-Trica e Fofoquinha
- Lobisomem em O Frankestein

Fontes: Acervo Pessoal, Dublanet, História da Dublagem, Carlos Amorim, Universo AIC, Marco Antônio Silva Santos, Augusto Bisson, Jaerte Antônio Junior, IMDB, Cláudio Caparica, Marcelo Pierre, Jornal do Brasil, Jornal de Notícias, Beto Anoniman, Zinóvia Saliveros.

Antônio Moreno


Arquivo de Som:

Lord Slug em Dragon Ball Z - Goku, O Super Saiyajin


 
Biografia:

Antônio Moreno é um dublador Paulistano.

Início

Antônio Moreno nasceu em 11 de Outubro de 1946 em Botucatu, São Paulo. Começou com 14 anos como operador de som no rádio em Botucatu, viram depois locutor.

TV

Em 1969, vai para São Paulo trabalhar com dublagem, e também ingressa na televisão, trabalhando em emissoras como TV Record, e posteriormente, TV Gazeta.


Dublagem

Como dublador, iniciou sua carreira em 1969 na AIC, indo para São Paulo exclusivamente para trabalhar com dublagem.

Antônio entrou na mesma época que muitos outros profissionais que também se tornariam grandes dubladores como ele, como João Ângelo, Gilberto Baroli, Jorge Barcellos, Hélio Vaccari, e outros.

Antônio trabalhou em todos os estúdios paulistas, porém houveram alguns estúdio que mais trilhou carreira, como inicialmente a AIC, depois indo para a BKS, no final dos anos de 1970, os Estúdios de Dublagem da TVS, nos anos de 1980, e a S&C, em meados dos anos de 1980, sendo nessa última um intenso diretor de dublagem. No início dos anos de 1990, continua na S&C, agora chamada de Megassom, e posteriormente vai para a Sigma. Além disso, também atua em outras empresas, como Marshmellow, Dublavídeo, Álamo, Parisi Vídeo, DuBrasil, UniDub, entre muitas outras.

Como diretor de dublagem, suas primeiras grandes atuações são na S&C, tendo continuado dirigindo na empresa, mesmo quando a mesma se transforma em Megassom no início dos anos de 1990. Com o fim da empresa por volta de 1995, vai dirigir na Sigma. Permanece dirigindo na Sigma até meados dos anos de 2010.

Morgan Freeman
 
Entre seus inúmeros trabalho como dublador, estão principalmente os atores Angelo Allieghieri interpretado por Anthony Quinn em Missão Perigosa, Coronel Benjamin Vandervoot interpretado por John Wayne em O Mais Longo dos Dias, James Earl Jones interpretando a si mesmo em em Fantasia 2000, Al Simons / Spawn interpretado por Michael Jai White em Spawn, o Soldado do Inferno, Gimli interpretado por John Rhys-Davies em O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel, O Senhor dos Anéis - O Retorno do Rei e O Senhor dos Anéis - As Duas Torres, Pedro interpretado por Omar Sharif em Pedro, Patches O'Houlihan interpretado por Rip Torn em Com a Bola Toda, entre outros.Ainda nos filmes, ele foi a voz de grandes atores de Hollywood como Charles Bronson em À Queima Roupa 2, À Queima Roupa 3, Desejo de Matar (Vhs), Desejo de Matar 2, a 2ª Dublagem de Desejo de Matar 5, Dez Minutos Para Morrer e Renegado Impiedoso, Chuck Norris em Fúria Silenciosa, Invasão U.s.a e a 2ª Dublagem de Perigo Mortal, Morgan Freeman em A Soma de Todos os Medos (Dvd), A Última Batalha, Banquete do Amor, Cão de Briga (Dvd), Crimes Em Primeiro Grau, Edison - Poder e Corrupção, Jogo Entre Ladrões, Na Teia da Aranha (Dvd), Menina de Ouro (Dvd), O Contrato, Seven - Os Sete Crimes Capitais, Um Astro em Minha Vida e Um Lugar Para Recomeçar, Sean Connery em Assassinato no Expresso Oriente, Encontrando Forrester, a 2ª Dublagem de Highlander - O Guerreiro Imortal, Lancelot, O Primeiro Cavaleiro e a 2ª Dublagem de O Nome da Rosa, Gerard Depardieu em Asterix nos Jogos Olímpicos, a 1ª Dublagem de Bogus - Meu Amigo Secreto, a 1ª Dublagem de Meu Pai Herói e RRRrrrr! - Na Idade da Pedra, Richard Harris em Abraão e Uma Questão de Família, Sylvestre Stallone em A Taberna do Inferno e Falcões da Noite, Kris Kristofferson em Blade 2, Blade Trinity, Ladrão Que Engana Ladrão e O Troco, Ernie Hudson em Os Caça-Fantasmas, Os Caça-Fantasmas II e Dragon Ball Evolution, Danny Glover em Bem Amada, Ensaio Sobre a Cegueira e Predador 2 - A Caçada Continua, Steven Seagal em Determinado a Matar, Justiça Urbana, O Forasteiro 2, O Homem Sombra e O Jogador, entre outros.

Bison em Street Fighter II V

Em desenhos, foi a voz do Bafo de Onça em Duck Tales (VHS), O Point do Mickey e outras dublagens do personagem, Mister Bison em Street Fighter II Victory, Sorento de Sirene na 2ª Dublagem de Cavaleiros do Zodíaco, Baran em Fly, Lord Slug em Dragon Ball Z - Goku, O Super Saiyajin, Doutor Willow em Dragon Ball Z - O Homem Mais Forte do Mundo, General Rild em Dragon Ball Gt, Basque Grand em Full Metal Alchemist, Kyokotsu em Inuyasha, Morgan em One Piece, Giganto de Ciclope em Cavaleiros do Zodíaco: Saga de Hades, Winston Zeddmore em Os Caça-Fantasmas, entre outros.

Mr. T em Esquadrão Classe A

Em séries, foi o B.A. interpretado por Mr. T em Esquadrão Classe A, Bill Maxwell interpretado por Robert Culp em O Super Herói Americano, Bernard Nadler interpretado por Sam Anderson na segunda temporada de Lost, entre outros.

Direção de DuckTales para VHS, e que era exibido na TV junto com a dublagem da Herbert Richers

Como diretor, dirigiu, entre outras, as séries Will & Grace, Bones, os desenhos Duck Tales (VHS), e os filmes Taxi, Edwards Mãos de Tesoura, Desbravadores, Garçonete, O Segredo de Mary Reilly, Pequena Miss Sunshine, A Casa de Vidro, O Diabo Veste Prada, Bem Amada.

Trabalhos:

Filmes


- Morgan Freeman em A Soma de Todos os Medos (DVD), A Última Batalha, Banquete do Amor, Cão de Briga (DVD), Crimes Em Primeiro Grau, Edison - Poder e Corrupção, Jogo Entre Ladrões, Na Teia da Aranha (DVD), Menina de Ouro (DVD), O Contrato, Seven - Os Sete Crimes Capitais, Um Astro em Minha Vida e Um Lugar Para Recomeçar
- Charles Bronson em À Queima Roupa 2, À Queima Roupa 3, Desejo de Matar (VHS), Desejo de Matar 2, Desejo de Matar 5 (2ª Dublagem), Dez Minutos Para Morrer e Renegado Impiedoso
- Sean Connery em Assassinato no Expresso Oriente, Encontrando Forrester, Highlander - O Guerreiro Imortal (2ª Dublagem), Lancelot, O Primeiro Cavaleiro e O Nome da Rosa (2ª Dublagem)
- Bud Spencer em Banana Joe, Dois Super Tiras em Miami (DVD), Dois Tiras Fora de Ordem (DVD), Os Encrenqueiros, Quem Assim Seja - Trinity e Trinity Ainda é o Meu Nome
- Gerard Depardieu em Asterix nos Jogos Olímpicos, Bogus - Meu Amigo Secreto (1ª Dublagem), Meu Pai Herói (1ª Dublagem) e RRRrrrr! - Na Idade da Pedra
- Chuck Norris em Fúria Silenciosa, Invasão U.S.A, Perigo Mortal (2ª Dublagem), e Walker Texas Ranger (2ª Dublagem)
- Steven Seagal em Determinado a Matar, Justiça Urbana, O Forasteiro 2, O Homem Sombra e O Jogador
- James Earl Jones em Fantasia 2000, Jesus de Nazaré, Memória Curta e O Bom Filho à Casa Torna
- Danny Glover em Bem Amada, Ensaio Sobre a Cegueira e Predador 2 - A Caçada Continua
- Kris Kristofferson em Blade 2, Blade Trinity, Ladrão Que Engana Ladrão e O Troco
- Arnold Scharzenegger em Conan - O Destruidor e Jogo Bruto (2ª Dublagem)
- Samuel L. Jackson em Evidências de um Crime e Tempo de Matar (VHS)
- Sylvestre Stallone em A Taberna do Inferno e Falcões da Noite
- Tommy Lee Jones em Caçado e Contagem Regressiva
- Richard Harris em Abraão e Uma Questão de Família
- Donald Sutherland em Aurora Boreal, e Maldição
- Robert Shaw em Golpe de Mestre e Tubarão
- Gimli (John Rhys-Davies) em O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel, O Senhor dos Anéis - O Retorno do Rei e O Senhor dos Anéis - As Duas Torres
- J.P. Harrah, Xerife de El Dorado(Robert Mitchum) em El Dorado (1ª Dublagem)
- Pedro (Omar Sharif) em Pedro
- Patches O'Houlihan (Rip Torn) em Com a Bola Toda
- Juiz Harkin (Bruce McGill) em O Júri
- Al Simons / Spawn (Michael Jai White) em Spawn, o Soldado do Inferno
- Gort (Blu Mankuma) em Halloweentown II: A Vingança de Kalabar
- Alcott (James Coburn) em Confissões de Um Sedutor
- Abraham / Matthew Van Helsing (Christopher Plummer) em Drácula 2000
- Sr. Hobbs (Michael Caine) em Um Plano Brilhante
- Joshua Foss (Powers Boothe) em Morte Súbita (1ª Dublagem)
- Julian Dell "Jimmy" (Steve Martin) em A Traçada
- Tucker (voz) (Dustin Hoffman) em Deu Zebra!
- Ted Crawford (Anthony Hopkins) em Um Crime de Mestre
- Henry Shand (Christopher Lloyd) em Um Lobo na Família
- Johnny Torrio (Harry Guardino) em Capone - O Gangster
- El Cid Rodrigo de Bivar (Charlton Heston) em El Cid (2ª Dublagem)
- Sam Royce (Lorne Greene) em Terremoto
- Jack McKenna (Nick Nolte) em Reviravolta
- Dick Steele (Leslie Nielsen) em Duro de Espiar
- Papa João Paulo II (Jon Voight) em Papa João Paulo II
- Arthur Biehl (Bill Erwin) em Em Algum Lugar do Passado
- Comissário Gilbert (Bernard Farcy) em Taxi 3
- Detetive Dehling (John Goodman) em Que Mulher é Essa?
- Padre Jack Mundy (Michael Gambon) em A Dança das Paixões
- Alfred Seguine Kinsey (John Lithgow) em Kinsey - Vamos Fala de Sexo
- Caspar Pennington (Tim Curry) em Bailey - Um Cão Que Vale Milhões
- Budd Rohrabache "Br" (J.K. Simmons) em Obrigado Por Fumar
- Curly Washburn (Jack Palance) em Amigos, Sempre Amigos
- Angelo Allieghieri (Anthony Quinn) em Missão Perigosa
- Charles Hilderbrandt (James Gandolfini) em Os Fugitivos
- Deus (Richard Pryor) em O Hábito Faz o Monge
- Marty (Fred Willard) em Nunca é Tarde Para Amar
- Coronel Benjamin Vandervoot (John Wayne) em O Mais Longo dos Dias
- James Earl Jones (James Earl Jones) em Fantasia 2000
- Bobby McKinley (Michael Lombard) em Thomas Crown - A Arte do Crime
- Radio Jones (Zaa Nkweta) em O Mercenário
- Billy Pretty (Gordon Pinsent) em Chegadas e Partidas
- Tom Broadbent (Fred Dalton Thompson) em Cabo do Medo
- Philip (Bo Svenson) em Semelhança Mortal
- Claude Crumn (Murray Hamilton) em 1941 - Uma Guerra Muito Louca
- Pop Fisher (Wilford Brimley) em Um Homem Fora de Série

Séries

- Sgt. Bosco "B.A." Baracus (Mr. T) em Esquadrão Classe A
- Bill Maxwell (Robert Culp) em O Super Herói Americano
- Bernard Nadler (Sam Anderson) em Lost (Álamo)
- John Abruzzi (Peter Stormare) em Prison Break

Desenhos

- Bafo de Onça em Duck Tales (VHS) e O Point do Mickey
- M.Bison em Street Fighter II Victory
- Sorento de Sirene em Cavaleiros do Zodíaco (Álamo)
- Baran em Fly
- Lord Slug em Dragon Ball Z - Goku, O Super Saiyajin
- Dr. Willow em Dragon Ball Z - O Homem Mais Forte do Mundo
- General Rild em Dragon Ball GT
- Basque Grand em Full Metal Alchemist
- J em Heat Guy J
- Kyokotsu em Inuyasha
- Morgan em One Piece
- Giganto de Ciclope em Cavaleiros do Zodíaco: Saga de Hades
- Uncle Franz em Super Doll Licca-Chan
- Ernie Hudson em Os Caça-Fantasmas, Os Caça-Fantasmas II e Dragon Ball Evolution
- Winston Zeddmore em Os Caça-Fantasmas
- Narrador (um dos narradores), Max (uma das vozes) e personagens secundários em Pica Pau
- Megatron de Beast Wars
- Toru (segunda voz) de As Aventuras de Jachie Chan
- Lothar em Defensores da Terra
- Rei Netuno em Bob Esponja - O Filme
- Ieyasu Tokugawa em Basilisk - O Pergaminho Secreto dos Kougas
- Tauro Buba em Darkwing Duck
- Diávolo (segunda voz) em Samurai Warriors
- Glay em Blood+
- Pai Adotivo do Arthur em Rei Arthur
- General Sargento em Liga dos Super-Malvados
- Cyborg 005 em Cyborg 009 (Clássico)
- Gatástrofe em Os Cães Espiões
- Astro em Os Jetsons e Os Flintstones Se Encontram (Longa-Metragem)
- Brainiac em Super Homem (Anos de 1990)

Links Relacionados:

Matéria sobre As Casas de Dublagem (2ª Parte) Para a Revista TV Séries - 02/2000


Fontes: Acervo Pessoal, Dublanet, Antônio Moreno, Nelson Machado, João David, Dubla.com.br, Canal Versão Brasileira J.R.

Gessy Fonseca


Arquivo de Som:

Tia May em O Homem Aranha (Desenho - Anos de 1990)


Biografia:

Gessy Fonseca é uma dublador Paulistana.

Início

Gessy Fonseca (também conhecida como Gessí) nasceu 13 de Março de 1924 em São Paulo, Capital.

Rádio Record

Começou a carreira em 1941, após recitar um poema no programa de auditório Palmolive no Palco, de Otávio Gabus Mendes. Após ouvir sua apresentação, Otávio contratou Gessy para trabalhar na Rádio Record. Na emissora, trabalho como rádioatriz. Fiou 3 meses na emissora.

Rádio Cruzeiro do Sul

No mesmo ano vai para a Rádio Cruzeiro do Sul, atuando em novelas sob a direção de Alberto Dumont, e participando de programas de auditório de Blota Junior.

Rádio Kosmos (América)

Também esteve na Rádio Kosmos, aonde interpretava na maioria das vezes o papel principal nas novelas, sob a direção de Júlio Atlas.

Standard / Rádio Gazeta

Gessy Fonseca (1943)

Por volta de 1943, é contratada pela empresa de propagandas, Standard, para gravar histórias na Rádio Gazeta. Entre elas, estavam histórias de Tarzan, aonde Gessy interpretava Jane. Na emissora também apresentou programas de auditório, e leu poemas.

Rádio Tupi

Em 1944, vai para a Rádio Tupi, aonde fica 3 anos. Na emissora, entre outras, fez as novelas: Fatalidade (1945), e A Mestiça (1945); tendo na segunda novela feito a personagem que mais gostara na carreira.

Rádio Bandeirantes

Em 1947, é contratada pela Rádio Bandeirantes, por intermédio de Rebello Junior. Na emissora, fica por 8 anos e participa das mais diversas produções. Entre elas está o programa: Novela de Todo o Dia (1947), programa que apresentava várias rádionovelas. Atuou na atração ao lado de Alceu Silveira, Castro Gonzaga, Zezinho Cútolo, e muitos outros.

No Teatro Eucalol, atuou em peças, como: Tudo Por Amor (1948), Lágrimas Benditas (1949), Eu Acuso o Céu (1949), entre outras.

Gessy Fonseca, Lídia Costa, e Muíbo Cury (1955)

Também fez rádionovelas, como: Os Sete Pecados Mortais (1953); peças de teatro, como: Salário do Medo (1955); peças de teatro para o Grande Teatro, como: Eles Chegaram à Noite (1955); entre muitas outras produções que participara.

Na emissora, também atuou em um programa inovador, chamado Cinema Em Seu Lar, também chamado de Cinema Para Você. O programa consistia em radiofonizar filmes que estrearam há poucos no cinema. O criador do programa, Ivani Ribeiro, que criou muitas novelas na emissora, ia no lançamento dos filmes, anotava toda a estória, e no dia seguinte já entregava as falas para os rádioatores. Entre as produções desse programa em que participou, está: Êxtase (1948).

Rádio Nacional - Rio

Gessy Fonseca e Floriano Faissal (1956)

Em 1955, é convidada por Floriano Faissal para integrar o elenco da Rádio Nacional no Rio de Janeiro. Na emissora, fica por 3 anos, atuando em diversas produções, como nas rádionovelas: A Mancha Vermelha (1956), Maria Leonor (1956), No Silêncio da Noite (1956), Perfídia (1957), Até Morrer de Amor (1957), Decidi Meu Destino (1957), A Sombra de Um Erro (1957), A Canção do Fugitivo (1957), entre outras.

Também atua em programas teatrais, como Teatro de Mistério Philco: A Arma do Crime (1957); O Drama de Cada Um: Os Dois Forasteiros (1956); Grande Teatro: A Casa de Pedra (1957); entre outros.

Participou também da série Presídio de Mulheres, em episódios, como: Lucíola Sofreu Demais (1956).

Rádio São Paulo

Retorna à São Paulo em 1958, e logo ao chegar, recebe o convite de Alfredo de Carvalho, das Emissoras Unidas, para ir para a Rádio São Paulo, e para a TV Record.

Gessy Fonseca (1959)

Na rádio, atua em novelas como: Canção do Deserto (1958), Um Raio de Luz (1960), A Mulher que Perdeu a Sombra, entre outras.

Rádio Piratininga

Gessy Fonseca (1963)

Por volta de 1963, vai para a Rádio Piratininga, aonde apresenta o programa Sugestões Para Compras.

TV Tupi - São Paulo

Na TV, começou em 1953, nas peças da Companhia Vera Nunes: Helena Fechou a Porta (1953), e Dias Felizes (1953).

TV Record

Em 1958 retornando do Rio, é convidada pela TV Record para atuar em suas novelas. Entre as produções que atuou na emissora, estão as novelas: Éramos Seis (1958), Última Carícia (1959), e A Senhora da Casa Grande (1961); e o seriado: Anjos de Ternura (1958).

TV Excelsior

Em 1963, vai para a TV Excelsior.

TV Tupi - São Paulo

Longe da televisão por quase 10 anos, retorna na novela: Bel-Ami (1972); na TV Tupi.
Rede Globo
 
Na Rede Globo, participa da novela: Fogo Sobre Terra (1974).

TV Bandeirantes

Na TV Bandeirantes, atua na novela: O Todo Poderoso (1979).
TVS
 
Sua última participação em novela, foi em Meus Filhos, Minha Vida (1984), na TVS.

Teatro

No Teatro, esteve na Companhia Vera Nunes, aonde atuou nas peças: Helena Fechou a Porta (1953), e Dias Felizes (1953); que eram representadas na TV Tupi.

Cinema

Também atuou no cinema. Entre os filmes que estrelou, estão: Mulher de Verdade (1952), Simão o Caolho (1952), Alvorada Sangrenta (1954), Mulher Desejada (1978), Retrato Falado de Uma Mulher Sem Pudor (1982), alem de ter dublado a atriz Eliane Lage no papel de Marina no filme Caiçara (1950).

Prêmios

Em 1950, ganha o prêmio Roquete Pinto como melhor rádioatriz.

Gessy Fonseca é a terceira da direita para a esquerda (1953)

Em 1953, Gessy foi escolhida como a candidata da Rádio São Paulo a disputar o prêmio de rainha do rádio paulista, tendo sido feito uma apresentação, aonde todas as concorrentes vestiam faixas de rainha do rádio, como nos campeonatos de miss universo. Na ocasião, quem ganhou foi Isaurinha Garcia.

Em 1955, ganha o prêmio Princesa do Radio, e em 1959, ganha o premio Tupiniquim. Ganhou outros prêmios também, como o prêmio Nestlé, o prêmio Aplauso, pela mais bela voz, entre outros.

Em 1961, ganhou o prêmio da Revista do Rádio de melhor atriz de televisão do ano de 1960.

Vida Pessoal

Daisy Fonseca e Gessy Fonseca (2007)

Na sua vida pessoal, Gessy é irmã de Daisy Fonseca (também conhecida como Daise Fonseca), que ingressou no rádio junto com ela, após o convite de Otávio Gabus Mendes para Gessy entrar na Rádio Record. Tempos depois, Daisy também foi para a Rádio Bandeirantes, e entre as produções que participou, estão Meu Pecado (1947), Êxtase (1948), e outras peças no Cinema Em Seu Lar / Cinema Para Você. Daisy ficou de 1941 à 1948 no rádio, retornando ao mesmo em 1958, indo trabalhar na Rádio Piratininga, como atriz e redatora. Daisy foi casada com o diretor Rebello Junior da Rádio Bandeirantes, pai do dublador Rebello Neto.

Gessy Fonseca (1956)

Gessy teve alguns romances no mundo artístico. Em 1952, foi noiva do rádioator da Rádio Bandeirantes, Renato Galon. Termina o romance em 1953, e em 1954, fica noiva de Sérgio Lara Campos. Os jornais noticiaram que o casamento de ambos estava próximo, porém o romance termina em 1955. Com a ida para o Rio, conhece Domício Costa em 1956, e tem um rápido namoro com o rádioator. Retorna para São Paulo, e tem outros pequenos romances. Em 1963, se casa com o tradutor e dublador Hélio Porto, com quem permanece junto por 11 anos. Desde então Gessy nunca mais se casou.

Gessy além de rádioatriz, atriz, e dubladora, também foi uma pequena empresária em uma longa que montou em 1962.

Dublagem

Na dublagem, começou no início dos anos de 1950, dublando atrizes brasileiras para o cinema. Entre elas, dublou Eliana Lage em Caiçara (1950), Leonora Amar em Veneno (1952), e Aurora Duarte em Três Garimpeiros (1954), entre outras.

Na dublagem entrou em 1963 na Ibrasom. Em 1964, transfere-se para a AIC, aonde segue carreira de 4 anos. Por volta de 1968, com a crise na AIC, se muda com seu marido, Hélio Porto para o Rio de Janeiro, e vai trabalhar em sua empresa de dublagem, a TV Cinesom. Também trabalha na CineCastro. Com o fim da TV Cinesom em 1971, Gessy retorna à São Paulo, e vai trabalhar na Odil Phono Brasil, também retornando para a AIC.

Gessy Fonseca nos anos 2000

No início dos anos de 1970, deixa a dublagem para se dedicar a televisão. Nos anos de 1980, retorna para a dublagem, indo trabalhar no Núcleo de Dublagem da TVS, BKS, e Álamo. Nos anos de 1990 e 2000, trabalha praticamente em todos os estúdios, atuando mais frequentemente na Álamo.

Maureen O'Hara em Como Era Verde Meu Vale

Entre seus trabalhos, estão os filmes, aonde deu voz a personagens, como Martha Sowerby interpretada por Joan Plowright em De Volta Ao Jardim Secreto, Senhora Henry Howard interpretada por Priscilla Pointer em Inferno, Beryl Peoples interpretada por Jessica Tandy em O Indomável - Assim é Minha Vida, Hunlun interpretada por Agnes Moorehead em Sangue de Bárbaros, Senhora Anthony P. Kirby interpretada por Mary Forbes em Do Mundo Nada Se Leva, Helen Benson interpretada por Patricia Neal em O Dia Em Que a Terra Parou, Helen Sanchez interpretada por Stella Garcia em Joe Kidd, Senhora Ada Harris interpretada por Angela Lansbury em Um Sonho Em Paris, Eleanor de Aquitânia interpretada por Katherine Hepburn em O Leão no Inverno, Emily Stewart interpretada por Janice Rule em Caçada Humana, Margaret Smith interpretada por Marion Ross em As Damas e o Campeão, Anna Leonowems interpretada por Deborah Kerr em O Rei e Eu, Senhora Edna Garret interpretada por Charlotte Rae em Fatos da Vida - O Encontro, alem das atrizes Betty White em Amigos Dourados e Pânico no Lago, Nina Foch em Segredo de Sangue e na 1ª Dublagem de Spartacus (1960), Sophia Loren em A Lenda da Estátua Nua e Lady L, Maureen O'Hara em Como Era Verde Meu Vale e Mamãe Não Quer Que Eu Case, Maggie Smith em Assassinato em Gosford Park, a 1ª Dublagem de De Bico Calado e Hook - A Volta do Capitão Gancho (VHS), Cloris Leachman em Alex e Emma - Uma História de Amor e Um Lobo na Família, Eileen Essell em Duplex e Em Busca da Terra do Nunca, entre outros.

Julie Newmar

Em séries, foi a terceira voz de Endora interpretada por Agnes Moorehead na segunda temporada e a primeira voz da Tia Clara interpretada por Marion Lones na primeira e segunda temporada em A Feiticeira, Mabel interpretada por Bunny Levine e Betty White interpretando a si propria em Ugly Betty, Papagaio Luiz Manoel em O Chapolin Colorado, dublador original não creditado na produção, segunda voz da Doutora Ann MacGregor interpretada por Lee Meriwether em O Túnel do Tempo, Mulher Gato interpretada por Julie Newmar em Batman, a primeira voz de Vitória Barkley interpretada por Barbara Stanwych em Big Valley, entre outros.
Tia May

Em desenhos, foi a voz da Feiticeira Escarlate na versão dos anos de 1990 de Homem de Ferro, Mulher Gato em Batman e Robin o Garoto Prodígio, Cologne, a Bisavó da Shampoo em Ranma 1/2, Tia May na versão dos anos de 1990 de O Homem Aranha, entre outros.

No final de 2018, quebrou o fêmur e foi operada. Por volta de Outubro, foi internada com pneumonia, vindo a falecer 10 de Novembro de 2018.

Trabalhos:

Filmes

- Maggie Smith em Assassinato em Gosford Park, De Bico Calado (2ª Dublagem) e Hook - A Volta do Capitão Gancho (VHS)
- Maureen O'Hara em Como Era Verde Meu Vale, e Mamãe Não Quer Que Eu Case
- Nina Foch em Segredo de Sangue e Spartacus (1960 - 1ª Dublagem)
- Agnes Moorehead em Cidadão Kane, e Sangue de Bárbaros
- Eileen Essell em Duplex, e Em Busca da Terra do Nunca
- Betty White em Amigos Dourados, e Pânico no Lago
- Sophia Loren em A Lenda da Estátua Nua e Lady L
- Angela Lansbury (Angela Lansbury) em Fantasia 2000
- Rosy Adulta (Miriam Margolyes) em Balto (Longa-Metragem)
- Avó do Johnny (Lucile Watson) em A Canção do Sul (3ª Dublagem - VHS)
- Anna Leonowems (Deborah Kerr) em O Rei e Eu
- Margaret Smith (Marion Ross) em As Damas e o Campeão
- Sra. Edna Garret (Charlotte Rae) em Fatos da Vida - O Encontro
- Emily Stewart (Janice Rule) em Caçada Humana
- Eleanor de Aquitânia (Katherine Hepburn) em O Leão no Inverno
- Cloris Leachman em Alex e Emma - Uma História de Amor e Um Lobo na Família
- Sra. Ada Harris (Angela Lansbury) em Um Sonho Em Paris
- Rainha Marie (Judy Parfitt) em Para Sempre Cinderela
- Srta. Ivy Gravely (Mildred Natwick) em O Terceiro Tiro
- Helen Sanchez (Stella Garcia) em Joe Kidd
- Helen Benson (Patricia Neal) em O Dia Em Que a Terra Parou
- Tia (Pochi Ducasse) em Nove Rainhas
- Kim Idosa (Winona Ryder) em Edwards Mãos de Tesoura
- Sra. Anthony P. Kirby (Mary Forbes) em Do Mundo Nada Se Leva
- Mãe de Mike (Cynthia Harris) em Esquadrão Resgate
- Barbara (Monica Lewis) em Terremoto
- Loretta (Martha Raye) em Aeroporto 80 - O Concorde
- Sra. Warren (Serena Michelotti) em Que Assim Seja, Trinity
- Betty White em Amigos Dourados e Pânico no Lago
- Sra. Bundy (Ethel Griffies) em Os Pássaros
- Sra. Walters (Lee Patrick) em Confidências à Meia-Noite
- Cornelia (Sally Corner) em O Manto Sagrado
- Laura Roberts (Teresa Wright) em Em Algum Lugar do Passado
- Vovó Kurnitz (Irene Worth) em Proibido Amar
- Anna Soblova (Anita Ekberg) em Um Biruta Em Órbita
- Hunlun (Agnes Moorehead) em Sangue de Bárbaros
- Vovó Joad (Zeffie Tilbury) em As Vinhas da Ira
- Beryl Peoples (Jessica Tandy) em O Indomável - Assim é Minha Vida
- Catherine Lebourg (Fiona Shaw) em Hipnose
- Hagar (Ellen Burstyn) em O Anjo de Pedra
- Clara (Alice Drummond) em Para Wong Foo, Obrigada Por Tudo! Julie Newmar
- Martha Sowerby (Joan Plowright) em De Volta Ao Jardim Secreto
- Esposa do Coronel (Cathleen Cordell) em A Volta dos Mortos Vivos
- Dra. Jakes (Gemma Jones) em Dançando Para a Vida
- Maggie Walker (Einllen Atkins) em Tinha Que Ser Você
- Rainha Katherine (Irene Papas) em Anna Dos Mil Dias
- Dra. Catherine Holland (Anne Bancroft) em Mr. Jones
- Delia Temple (Jane Alexander) em A Terra do Sol
- Sra. Brenner (Linda Bassett) em O Leitor
- Alice Peterson (Joan O'Hara) em De Bem Com a Vida
- Rebbitzn (Kim Hunter) em Um Preço Acima dos Rubis
- Sra. Henry Howard (Priscilla Pointer) em Inferno
- Juíza Westreich (Polly Holliday) em Virada Radical
- Hazel Foley (Eva Marie Saint) em Titanic (1996)
- Rainha Marie (Judy Parfitt) em Para Sempre Cinderella
- Alicia (Aloma Wright) em Era Tudo Que Eu Queria
- Greta (Anne Haney) em O Mentiroso (2ª Dublagem)
- Dra. Reno (Meglena Karalambova) em Agente Biológico
- Margaret Skridlow (Nan Martin) em Dr. Detroit e Suas Mulheres
- Ella (Irma P. Hall) em Bem Amada
- Vovó Mary Cleary (Ellen Albertini Dow) em Penetras Bons de Bico
- Sra. Leacock (Bette Henritze) em Longe do Paraíso

Séries

- Endora (Agnes Moorehead) (segunda voz), e Tia Clara (Marion Lorne) em A Feiticeira  (2ª Temporada)
- Vitória Barkley (Barbara Stanwych) (primeira voz) em Big Valley
- Papagaio Luiz Manoel (não creditado) em O Chapolin Colorado
- Dra. Ann MacGregor (Lee Meriwether) (segunda voz) em O Túnel do Tempo
- Mulher Gato (Julie Newmar) em Batman
- Mabel (Bunny Levine) e Betty White (Betty White) em Ugly Betty

Desenhos

- Tia May em O Homem Aranha (Anos de 1990)
- Cologne, a Bisavó da Shampoo em Ranma 1/2
- Feiticeira Escarlate em Homem de Ferro (Desenho - Anos de 1990)
- Mulher Gato em Batman e Robin o Garoto Prodígio (Desenho)
- Tia May em Homem Aranha e Seus Amigos (2ª Dublagem)
- Dona Benta em Sítio do Picapau Amarelo (2012)

Fontes: Dublanet, Universo AIC, A Noite, Jornal de Notícias, Revista do Rádio, Beira-Mar, Tribuna da Imprensa, A Scena Muda, IMDB, Vila Mulher, Memorial da Fama, A Noite, Bram Groenen, Pinterest, The Red List, Figueira Junior Place.

quarta-feira, 20 de maio de 2020

Araken Saldanha

 

Arquivo de Som:

Mestre Ancião em Os Cavaleiros do Zodíaco - A Lenda dos Defensores de Atena (1ª Dublagem)


Biografia:

Araken Saldanha é um dublador Paulistano.

Araken Corrêa Pinto Saldanha nasceu em 30 de Maio de 1930, na cidade de Lapa, Paraná.

Araken começou a trabalhar desde cedo. Foi auxiliar de contador, auxiliar de escritório, pracista (empregado de loja que vendia os produtos na rua), e balconista de uma loja de brinquedos.

Depois começou a se interessar por arte. Fez o curso de Belas Artes, que emglobava pintura, desenho e escultura. Depois, trabalhou como desenhista. Também teve um trabalho temporário em uma emissora de TV.

Teatro

Suas primeiras atuações foram no teatro. Esteve na peça, A Vida, Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo (1953), com direção de Pedro Celestino, interpretando Dimas, em São Paulo.

Araken Saldanha (1957)

Atuou, também na peça O Ébrio (1953), de Vicente Celestino, ao lado do elenco de cantores de operatas e atores das Emissoras Associadas, no Teatro Politeama, em Jundiai, São Paulo, por intermédio da Sociedade Jundiaiense de Cultura Artística.

Rádio Tupi

Foi descoberto em 1953, pelos dirigentes das Emissoras Associadas quando atuava na peça A Vida, Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo (1953), e ingressou na rádio e TV Tupi.

Fanucchi, Araken Saldanha, Fernando Alberto, Henrique Martins, e Anita Freis (1953)

Na emissora, entre outros, atuou nas novelas, Uma História Antiga (1954), A Volta de Bob Norton (1954), O Bandoleiro (1955), Engenho Das Almas (1955), A Cruz do Meu Rosário (1956), Um Romance de Arena (1956), O Diabo na Corte (1956), Testemunha Ausente (1956), O Fantasma do Abaete (1957), Algemas de Sangue (1957), Folhas de Outono (1957), Nossa Senhora Aparecida (1958), Segredo Que Condena (1958), contando a obra de O Direito de Nascer, Nossa Senhora de Fátima (1958), A Noite do Meu Destino (1958), Profundo Como o Mar (1959), A Última Lágrima (1959), A Moça do Sobrado Grande (1959), e A Selvagem (1960).

Além disso também esteve em peças policiais, como A Morte de Sônia (1953), especial, como Nossa Senhora Aparecida (1954), e peças no programa, Teatro Vesperal, como Coração Enfeitiçado (1954).

TV Tupi

LP da novela O Preço de Um Homem (1971)

Na TV Tupi, ingressou na mesma época que ingressou no rádio, em 1953.

Na emissora, entre outros, atuou nas novelas, como O Mártir do Calvário (1953), O Homem Sem Passado (1954), Cais Abandonado (1954), Oliver Twist (1955), Irmãos Corsos (1955), Robin Hood (1956), A Vida Continua (1956), Conde de Monte Cristo (1956), Alma Sem Deus (1956), O Renegado (1956), Quando Nasce Um Ideal (1956), Chamas Que Se Apagam (1958), Sétimo Céu (1958), Os Miseráveis (1958), Há Sempre o Amanhã (1960), Ana Karenina (1960), Gutierritos, o Drama dos Humildes (1964), O Mestiço (1965), A Cor de Sua Pele (1965), Os irmãos Corsos (1966-67), O Rouxinol da Galiléia (1968), e O Preço de Um Homem (1971).

Revista Feminina, nas novelas, Pierratte (1959), Convite Para Jantar (1959), A Chantagem (1960), Quando Fala o Coração (1961).

também participou do seriado Falcão Negro (1954-55), ao lado do protagonista e também dublador José Parisi, As Aventuras do Detetive Pan (1955), O Conde de Monte Cristo (1956), Lever no Espaço (1957), primeiro projeto de série de ficção científica do Brasil, ao lado de Turíbio Ruiz, Rogério Márcico, Luiz Orione, Lima Duarte, e grande elenco, O Capitão Estrela (1961), ao lado de Dari Reis, Vânia Martini, Carmem Marinho, e Lima Duarte, entre outros.

Fernando Balleroni e Araken Saldanha (1959)

Em peças teatrais, esteve nos programas, TV de Vanguarda, em peças como Hamlet (1953), Todos os Filhos Têm Asas (1954), De Ilusão Também Se Vive (1954), MacBeth (1954), Todos os Filhos de Deus Têm Asas (1954), A Flor Eterna (1955), Inocência (1955), Sangue na Terra (1955), Pais e Filhos (1956), Elisabeth da Inglaterra (1956), Crime e Castigo (1956), O Renegado (1956), Vaidosa (1956), Sinfonia Inacabada (1956).

O Chapéu de Três Bicos (1957), O Lobo do Bar (1957), Esquina Perigosa (1957), A Estranha Passageira (1957), A Sentença (1957), A Canção de Bernadette (1957), O Pequeno Incidente (1957), Os 39 Degraus (1957), Massacre (1957), Queixa Contra o Desconhecido (1957).

O Preço da Glória (1958), O Último Bandido (1958), Safo (1958), Uma Luz na Casa de Nancy (1958), Traição (1958), Dois Vivos e Um Morto (1958), O Preço da Glória (1958), Ralé (1958).

O Profundo Mar Azul (1959), Inocência (1959), Uma Rua Chamada Pecado (1959), Casa de Estranhos (1959), A Conversão do Pirata (1959), Escada Para o Fim (1959).

Araken Saldanha e Célia Rodrigues (1960)

O Incrível Mr. Bascon (1960), O Fim da História (1960) Antônio Pacheco (1960), e Um Homem de Verdade (1960).

Palhinha na TV, programa que homenageava colônias estrangeiras radicadas em São Paulo, na peça, A Princesa e o Tocador de Alaúde (1960), em homenagem a colônia árabe.

TV Teatro, nas peças, O Anel (1958), Bessie (1958), Mamãe Sabe o Que Faz (1958), Bons Amigos (1958), A Vingança do Acaso (1958), e Boa Noite, Mamãe (1959).

Araken Saldanha (1957)

TV de Comédia, nas peças, Treze à Mesa (1957), Veneno de Cobra (1958), A Cigana (1958), Era Uma Vez Um Vagabundo (1958), O Carneiro do Batalhão (1959), A Felicidade Pode Esperar (1959), Felizes Ao Seu Modo (1959), e O Perfume de Uma Mulher (1960).

O Contador de Histórias, de Cassiano Gabus Mendes, nas peças, O Pânico (1955), A Longa Viagem de Volta (1955), O Adivinho (1955), Os Homens Querem Paz (1956), A Sombra do Desfiladeiro (1957), O Doutor Coppelius (1957), A Rosa do México (1957), Uma Aposta Com a Morte (1957), Adeus, Meu Bem (1957), O Crime Caminha Pela Noite (1958), O Viajante (1958), Corpo e Alma (1958), O Fatalista (1958), Eu e a Pensão... (1959), e Suspeita (1959).

Aponte o Culpado (1956), de Antônio José, aonde convidados deveriam apontar o culpado da história contada, em peças como A Gargalhada Fatal (1956), Mensagem Póstuma (1956), e 2 Gatos e 1 Canário (1958).

Lima Duarte, Percy Aires, Geni Prado e Araken Saldanha (1960)

Os Grandes Erros Judiciários (1960), apresentado por Túlio de Lemos e Valter George Durst, em peças, como, O Estudante de Olinda (1959), O Caso de Jean Vaubaron (1959), Caso Lesnier (1959), Jesus Cristo (1959), interpretando Judas, e Caso Dreyfus (1960).

Além dos programas Contos Brasileiros, na peça, Antônio Conselheiro (1957). Peças no programa, Tribunal do Coração (1958). E peças teatrais como, Última Valsa (1954), e peças de operetas, como A Juriti (1954).

Em programas humorísticos, esteve em Reajam, Homens! (1960). E em programa musicais, esteve em Revista Musical União (1955).

Também participou do programa Pés de Ouro Makerli-Supremo (1959), um programa de chute ao gol que dava prêmios, e trazia jogadores de futebol da época para participar. Muito semelhante a um programa que Silvio Santos fez nos anos de 1990 no SBT, chamado Gol Show.

Araken Saldanha (1960)

Na emissora, também ficou conhecido em fazer comerciais. Entre outros, fazia propaganda de cremes dentais e cremes de barbear. Também aparecia nos comerciais do programa Show Pirani - Vigorelli (1957).

Na época, atores não faziam comerciais, e Araken foi o primeiro a quebrar esse tabu, mesmo diante do deboche dos colegas. Araken dizia que seu trabalho quando jovem como pracista o ajudou a desempenhar bem essa função.

Araken, se afasta da emissora em 1961, retornando à mesma em 1964. Se afasta novamente em 1968, indo morar no Rio de Janeiro, e retorna mais uma vez a emissora em 1971, sendo essa sua última passagem pela Tupi, e pela televisão de forma geral.

Cinema

Araken Saldanha e Mazaroppi em Betão Ronca Ferro (1970)

No Cinema, também fez carreira. Atuou também em muitos filmes de Mazaroppi. Entre os filmes que atuou, estão: O Sobrado (1956), Uma Pistola Para Djeca (1969), Betão Ronca Ferro (1970), O Ritual dos Sádicos (1970), Finis Hominis (1971), Gringo, o Matador Erótico (1972), O Grande Xerife  (1972), Quando Os Deuses Adormecem (1972), A Filha do Padre (1975), O Sexo Mora Ao Lado (1975), O Jeca Macumbeiro (1975), Os Insaciados (1981).

Dublagem

Araken Saldanha nos anos de 1970

Na dublagem, começou ainda no cinema nacional, sendo convidado por um estúdio em 1955.

Na dublagem para a TV, ingressou no início dos anos de 1960 na GravaSon, e posteriormente continua na AIC.

Na AIC, começa tendo, tanto um grande número de participações em séries, como em desenhos.

Além dos personagens fixos em séries, também teve diversas participações em outras séries, como O Túnel do Tempo, Missão Impossível (1ª Temporada), Rota 66, Cidade Nua (3ª Temporada), Jornada nas Estrelas (1ª Temporada), Perdidos no Espaço (1ª e 2ª Temporadas), Viagem ao Fundo do Mar (2ª Temporada), Os Três Patetas, entre outras.

Também esteve presente com secundários em desenhos como, Manda Chuva, Jonny Quest, Os Jetsons, Plic, Ploc e Chuvisco, e outros.

Araken Saldanha (1958)

Seu período na AIC, é de 1962-63, tendo um hiato entre os anos de 1964-65, e retornando no período de 1966-68.

Em 1968, por conta do início da crise financeira na AIC, ele se transfere junto à outros colegas para a TV Cinesom no Rio de Janeiro.

Nessa ocasião, esteve presente em algumas séries, Além da Imaginação (4ª Temporada), além de fixo em outras. Seu período no estúdio foi entre 1968-71.

Por volta de 1971, retorna à São Paulo para trabalhar na TV Tupi, e retorna à dublagem na capital paulista, indo trabalhar na Odil Phono Brasil, aonde também foi diretor de dublagem.

Araken Saldanha nos anos 2000 

Por volta de final dos anos de 1970, início dos anos de 1980, vai para a BKS. Na ocasião, se torna por algum tempo o narrador oficial do estúdio.

Por volta de 1985-87, esteve no Rio de Janeiro na Herbert Richers. Na ocasião, esteve no estúdio ao lado de outros colegas também oriundos de São Paulo, que foram para o estúdio na mesma época que ele, como Antônio Moreno e Waldir de Oliveira.

Por volta de 1987-88, retorna à São Paulo, indo atuar, entre outros, na Maga, Elenco e S&C.

Nos anos de 1990, esteve em estúdios, como Álamo, Gota Mágica, Dublavídeo, DPN, Mashmellow, Master Sound, Megassom, entre outros.

Na Dublavídeo, se torna diretor de dublagem, deixando a carreira de dublador no início dos anos 2000, para se dedicar a direção.

Anthony Quinn

Entre seus trabalhos, começamos com os atores feitos em filmes, como George Lazenby na franquia Emmanuelle, Leslie Nielsen em 2001 - Um Maluco Solto no Espaço, e O Foragido, Anthony Quinn em Jesus de Nazaré, e Viva Zapata!, John Wayne em El Dorado (1ª Dublagem), e O Homem Que Matou o Facínora, Bud Spencer em Ação em Dose Dupla, e Alvo em Movimento, José Ferrer em Duna - O Mundo do Futuro (2ª Dublagem), e Justiça Selvagem / Confronto Mortal (2ª Dublagem), George C. Scott em Anatomia de Um Crime, e Titanic (2ª Dublagem), Charlton Heston em O Senhor da Guerra, e Terremoto, Victor Mature em O Manto Sagrado, e Sansão e Dalila (1ª Dublagem), Gregory Peck em MacArthur - O General Rebelde, e O Parceiro do Diabo, James Earl Jones em A Ambulância (1ª Dublagem), e Jardins de Pedra, Robert Mitchum em Lábios de Fogo, e Uma Mulher Desejada, Richard Burton em Becket, e O Espião Que Veio do Frio, Randolph Scott em Cavalgada Trágica, e Entardecer Sangrento, entre outros.

Além disso, também deu voz aos atores Spencer Tracy) em Sua Esposa e o Mundo, Lee Marvin) em Pânico no Atlântico Express, James Coburn) em O Troco (VHS), Lloyd Bridges) em Querida Estiquei o Bebê (VHS), Telly Savalas) em Cidade Violenta, Kirk Douglas) em Um Assassino na Cidade, Ernest Borgnine) em As Maravilhas do Mago Merlin, Martin Landau) em As Aventuras de Pinocchio 2, Ian Holm) em Hora de Voltar, James Avery) em Sem Licença Para Dirigir, Robert Mitchum) em Lábios de Fogo, Sean Connery) em Assassinato no Expresso Oriente, Robert Ryan) em A Estrada dos Homens Sem Lei, Leo Genn) em Quo Vadis (1ª Dublagem), Alec Guinness) em Irmão Sol, Irmã Lua (2ª Dublagem), Walter Pidgeon) em Três Grandes Amigos, Robert Shaw) em O Comando 10 de Navarone, entre outros.

Mestre Ancião de Libra em Os Cavaleiros do Zodíaco

Nos desenhos, foi a voz de Lord Coelhão no longa-metragem Turma da Mônica Em A Princesa e O Robô,  Mestre Ancião nas duas dublagens de Os Cavaleiros do Zodíaco, e em vários longas e séries da franquia, Cassius nas duas dublagens de Os Cavaleiros do Zodíaco, Chibata em Dragon Ball GT, a segunda voz do Shen Doo em As Aventuras de Jackie Chan, Doutor Zoidberg em Futurama, a segunda voz de Chuvisco em Plic, Ploc e Chuvisco, Senhor Cogswell na versão dos Anos de 1960 de Os Jetsons, Space Ghost na 1ª dublagem de Space Ghost, Zordrak em A Pedra dos Sonhos, entre outros.

Araken Saldanha (2014)

Em séries, foi a voz de Soldozer  em Super Equipe de Resgate Solbrain, Arão em Masada, Casey Jones em Casey Jones, Major Simon Butcher em A Escuna do Diabo, Paul Moreno (Charles Bronson) em O Império do Oeste, Russel Lawrence (Don Porter) em Gidget, entre outras.

Alessandra Araújo e Araken Saldanha (2016)

Em novela deu a voz ao Mestre Samaniego em Zorro: A Espada e a Rosa, entre outros.

Como diretor, entre outros, dirigiu os filmes Lagoa Azul: O Despertar, O Profissional (2ª Dublagem), Sr. Sherlock Holmes, Anaconda (2ª Dublagem), as séries Justified, Os Goldbergs, e os desenhos Homem de Ferro: A Batalha Contra Ezekiel Stane, e Marvel Anime: Homem de Ferro, entre outros, na Dublavídeo.

Em meados dos anos de 2010, se aposentou da dublagem. Desde então se dedicou ao cuidado de sua saúde, que se fragilizou com o diagnóstico de enfisema pulmonar.

Trabalhos:

Filmes

- George Lazenby em A Magia de Emmanuelle, A Vingança de Emmanuelle, Em Veneza com Emmanuelle, O Amor de Emmanuelle, O Perfume de Emmanuelle, O Segredo de Emmanuelle, e Para Sempre Emmanuelle
- Leslie Nielsen em 2001 - Um Maluco Solto no Espaço, Creepshow - Arrepio do Medo (1ª Dublagem), Digger - Um Sonho Para Dois Amigos, e O Foragido
- Anthony Quinn em Jesus de Nazaré, Mamãe Não Quer Que Eu Case, O Magnata Grego, O Último Grande Herói, Vingança, e Viva Zapata!
- John Wayne em El Dorado (1ª Dublagem), Justiceiro Implacável, O Homem Que Matou o Facínora, e Sangue de Bárbaros
- Bud Spencer em A Peso de Ouro, Ação em Dose Dupla, Alvo em Movimento, e Nos Jogamos Com Os Hipopótamos
- José Ferrer em Duna - O Mundo do Futuro (2ª Dublagem), e Justiça Selvagem / Confronto Mortal (2ª Dublagem)
- George C. Scott em Anatomia de Um Crime, O Dirigível Hindenburg, e Titanic (2ª Dublagem)
- Charlton Heston em Heróis Não Se Entregam, O Senhor da Guerra, e Terremoto
- Andrew Duggan em Doutor Detroit e Suas Mulheres, e Flint - Perigo Supremo
- Victor Mature em O Manto Sagrado, Sansão e Dalila (1ª Dublagem), e Zarak
- Gregory Peck em MacArthur - O General Rebelde, e O Parceiro do Diabo
- James Earl Jones em A Ambulância (1ª Dublagem), e Jardins de Pedra
- Robert Mitchum em Lábios de Fogo, e Uma Mulher Desejada
- Richard Burton em Becket, e O Espião Que Veio do Frio
- Ben Johnson em Louca Escapada e O Trem do Inferno
- Leo McKern em A Profecia, Damien - A Profecia 2
- Randolph Scott em Cavalgada Trágica, e Entardecer Sangrento
- Grant Matthews (Spencer Tracy) em Sua Esposa e o Mundo
- Coronel Harry Wargrave (Lee Marvin) em Pânico no Atlântico Express
- Justin Fairfax (James Coburn) em O Troco (VHS)
- Vincent Talbot (William Morgan Sheppard) em Elvira - A Rainha das Trevas
- Clifford Sterling (Lloyd Bridges) em Querida Estiquei o Bebê (VHS)
- General Wescott (Al Waxman) em Jeannie Ainda é Um Gênio
- Garrincha (Aldo Sambrell) em Sela de Prata
- Al Weber (Telly Savalas) em Cidade Violenta
- Donald Davenport (Fred Gwynne) em O Segredo do Meu Sucesso
- George Anderson (Kirk Douglas) em Um Assassino na Cidade
- Vovô (Ernest Borgnine) em As Maravilhas do Mago Merlin
- Geppetto (Martin Landau) em As Aventuras de Pinocchio 2
- Gideon Largeman (Ian Holm) em Hora de Voltar
- Les (James Avery) em Sem Licença Para Dirigir
- Felix Bowers (Robert Mitchum) em Lábios de Fogo
- Coronel Arbuthnot (Sean Connery) em Assassinato no Expresso Oriente
- Dr. Ralph Morissey (Edward Andrews) em Não Me Mande Flores
- Dan Hollis / Sam Hollis (John Baragrey) em O Rei do Laço
- Arthur Adamson (William Devane) em Trama Macabra
- General Dwight D. Eisenhower (Henry Grace) em O Mais Longo os Dias
- Eduardo Marques (José Lewgoy) em Feitiço do Rio
- Professor Karl Manfred (Günter Strack) em Cortina Rasgada
- Dr. Land (Dean Jagger) em Jogo da Morte
- Morty O'Reilly (Seymour Cassel) em Ligado Em Você
- Capitão Harlin Tanner (Ben Johnson) em A Louca Escapada
- Earl, o Legista (Brian Libby) em Sepultado Vivo
- William McCordle (Michael Gambon) em Assassinato Em Gosford Park
- Jefferson Cody (Randolph Scott) em Cavalgada Trágica
- Nick Scanlon (Robert Ryan) em A Estrada dos Homens Sem Lei
- Petronius (Leo Genn) em Quo Vadis (1ª Dublagem)
- Papa Inocêncio (Alec Guinness) em Irmão Sol, Irmã Lua (2ª Dublagem)
- Clifford Worley (Dennis Hopper) em Amor à Queima Roupa
- Coronel Brunswick (Walter Pidgeon) em Três Grandes Amigos
- Mallory (Robert Shaw) em O Comando 10 de Navarone

Séries

- Soldozer (voz) (Daiki Katou) em Super Equipe de Resgate Solbrain
- Arão (Alan Feinstein) em Masada
- Casey Jones (Alan Hale Jr.) em Casey Jones
- Major Simon Butcher (Jack Warden) em A Escuna do Diabo
- James Phelps (Peter Graves) em Missão Impossível (4ª Temporada)
- Paul Moreno (Charles Bronson) em O Império do Oeste
- Russel Lawrence (Don Porter) em Gidget
- Narrador (Warner Anderson) em A Caldeira do Diabo

Desenhos

- Lord Coelhão em Turma da Mônica Em A Princesa e O Robô (Longa-Metragem)
- Mestre Ancião e Cassius em Os Cavaleiros do Zodíaco (1ª e 2ª Dublagem), Os Cavaleiros do Zodíaco - A Lenda dos Defensores de Atena (1ª e 2ª Dublagem), Os Cavaleiros do Zodíaco (2019), Os Cavaleiros do Zodíaco - O Mito dos Cavaleiros Renegados, Os Cavaleiros do Zodíaco: Episódio Zero, Os Cavaleiros do Zodíaco: Ômega, e Os Cavaleiros do Zodíaco - Saga de Hades
- Cassius em Cavaleiros do Zodíaco (1ª e 2ª Dublagem)
- Chibata em Dragon Ball GT
- Shen Doo (segunda voz) em As Aventuras de Jackie Chan
- Dr. Zoidberg (primeira voz) em Futurama
- Chuvisco (segunda voz) em Plic, Ploc e Chuvisco
- Sr. Cogswell em Os Jetsons (Anos de 1960)
- Space Ghost em Space Ghost (1ª Dublagem)
- Cavaleiro Solitário em Cavaleiro Solitário
- Zordrak em A Pedra dos Sonhos
- Balrog em Street Fighter II - Victory
- Rotáxis em O Natal de Babar (Curta-Metragem)
- Valente em Os Ursinhos Carinhosos e o Quebra Nozes (Longa-Metragem)
- Ryuma em Shurato
- Narrador em Baldios: Os Guerreiros do Espaço

Novelas

- Mestre Samaniego (não creditado) em Zorro: A Espada e a Rosa

Jogos

- Mestre Ancião e Cássius em Os Cavaleiros do Zodíaco - Alma dos Soldados

Trabalhos de Direção de Dublagem

Filmes

- Lagoa Azul: O Despertar
- Castelos de Gelo
- Temos Vagas
- O Casamento de Rachel
- Embriagado de Amor (2ª Dublagem)
- Sr. Sherlock Holmes
- O Profissional (2ª Dublagem)
- O Atirador: Legado
- Monte Carlo
- Anaconda (2ª Dublagem)
- Lobo (2ª Dublagem)

Séries

- Justified
- Guia Feminino do Divórcio (1º Diretor)
- Os Goldbergs
- Mistério de Anubis

Desenhos

- Homem de Ferro: A Batalha Contra Ezekiel Stane
- Marvel Anime: Homem de Ferro

Fontes: Acervo Pessoal, Wikipédia, O Cruzeiro, Revista do Rádio, Dublanet, Alessandra Araújo, Canal Versão Brasileira J.R.

Total de visualizações de página