terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Mário Jorge Montini


Arquivo de Som:

Arthur Bicudo (George Gaynes) em Punky - A Levada da Breca (1ª Dublagem) 



Biografia:

Mário Jorge Montini foi um dublador Paulistano.

Mário Jorge Montini nasceu no dia 29 de Junho de 1927 em São Caetano do Sul, São Paulo.

Rádio São Paulo

 
Mário Jorge Montini, Rosely Tadeu, e Domingos Paulo (1956)

Mário Jorge começou a carreira em 1948 na Rádio São Paulo, ainda bem jovem, por influencia de sua mãe que via os dotes artísticos do filho, que desde pequeno fazia parte do grupo de teatro da Igreja da Sagrada Família.
 
Mário começou na emissora como rádioator coadjuvante e contra-regras. Mário passou por vários testes até ser escolhido para compor o cast de rádioatores da Radio São Paulo. A partir daí seguiu longa carreira.

Mário Jorge Montini e Maria Teresa (1955)

Entre seus trabalhos, temos primeiramente o programa Grande Teatro Royal, aonde interpretou as peças Sinhá Moça Chorou (1950), Uma Aventura Singular (1950), Iracema (1950), Sacrifício de Filha (1950), Natal (1950), A Canção de Minha Ternura (1951), entre outras, além do programa Teatro das 13 Horas, em peças como Consagração - Vida de Angela Maria (1959), e em peças religiosas, como O Mártir do Calvário (1959).

Em novelas, participou de A Força do Destino (1958), A Ilha dos Ventos (1958), Um Estranho na Terra de Ninguém (1958), Uma Escada Para o Céu (1959), Pelos Mesmos Caminhos (1959), Pelos Mesmos Caminhos (1959), Um Coração Sem Dono (1959), Algemas Partidas (1959), Deus Prestarei Minhas Contas (1959), Sinceridade (1959), A Presença de Eva (1959), e Lili (1959).

Mary Seródio, Eduardo Cúri, Diva Lobo, e Mário Jorge Montini (1961)

Na década seguinte, esteve nas novelas Imitação da Vida (1960), O Homem do Espelho (1960), O Homem Que Perdeu a Alma (1960), O Coração Negro da Noite (1960), A Sultana do Grande Lago (1960), Há Justiça no Céu (1960), Em Cada Coração Um Pedaço (1960), O Homem do Espelho (1960), O Tesouro Dos Homens Sem Deus (1960), Terra do Sol (1961), A Mulher Que Veio de Longe (1961), A Senhora de Santa Fé (1961), A Volta de Eleonora (1962), O Dono da Saudade (1962), Noite Iluminada (1962), Um Homem na Solidão (1963), Só Resta Uma Esperança (1963), entre outras.

Além do seu trabalho como ator, também atuou como diretor. Teve sua primeira chance em 1960, quando o assistente de direção, Roberto de Carvalho fica ausente, então atua em seu lugar. A partir daí começa a dirigir pequenas produções na emissora, até se tornar diretor fixo de rádionovelas em 1962.

Ivani Ribeiro e Mário Jorge Montini (1960)

Entre suas direções, estão as novelas Em Cada Coração Um Pedaço (1960), O Homem do Espelho (1960), O Cavaleiro da Lagoa Azul (1960), O Preço de Uma Vida (1960), entre outras.

Mário também trabalhou na Rádio Cacique em São Caetano do Sul.

Prêmios

Osvaldo de Barros e Mário Jorge Montini (1960)

Em 1956, ganhou o Roquette Pinto de melhor contra-regras de 1955. Em 1957, ganha novamente os mesmo prêmio de contra-regras referente ao ano antecedente.
No programa Correio Sem Selo (1959), de Roberto de Carvalho na Rádio São Paulo, foi considerado ao lado de outros colegas um dos melhores quadros da Rádio São Paulo.

Teatro

Em teatro, participou da peça A Paixão de Cristo.

TV Record

Na TV, começou em 1954 na Rede Record, no ano de inauguração da empresa, nos então inéditos e futuramente famosos Teleteatros, sendo seu primeiro teleteatro, A Muralha (1954).

Nomes Iguais

Existia na década de 1950 no Rio de Janeiro um diretor de programas e elencos de rádioteatro na Rádio Ministério da Educação, chamado Mário Jorge.

Na dublagem, a partir de 1977, ingressou na dublagem carioca um dublador chamado Mário Jorge de Andrade, muitas vezes confundido com Mário Jorge Montini, por ser citado apenas pelo seu primeiro e segundo nomes.

Dublagem

Em 1957, entrou para a dublagem, tendo sido um dos primeiros a serem chamados para a profissão, ainda na GravaSon. O mesmo dizia ter sido o primeiro dublador chamado em 1957, no mesmo de Junho, mês de seu aniversário, por tanto o dia 29 de Junho, dia de seu aniversário acabou se tornando o dia do dublador no Brasil.

Em seu começo de carreira na dublagem, alem das produções internacionais, também dublava muito as séries feitas na TV Tupi e TV Record. Aos poucos essa pratica foi acabando, e Mário permaneceu dublando apenas produções internacionais.

Mário Jorge Montini (2007)

Além da GravaSon/AIC/BKS, Mário também esteve em estúdios como Maga, Elenco, Gota Mágica, Álamo, Dublavídeo, entre outras. Mário também foi diretor de dublagem, atuando, entre outros na Dublavídeo.

Em filmes, foi a voz de Robert Englund na primeira dublagem de A Hora do Pesadelo 1 e 2, Jack Warden na trilogia O Pestinha, além dos atores Charles Laughton na primeira dublagem de Spartacus, Bill Cobbs em Destinos Cruzados, Peter O'Toole em Vênus, Charles Durning em A Primeira Página, Martin Landau em As Aventuras do Pinóquio, Michael Gough em A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça, John Cleese em Monty Phyton Em Busca do Cálice Sagrado, entre outros.


João Grandão

Em desenho, foi a voz de João Grandão em João Grandão, Chefe em O Inspetor Bugiganga, Dara em Samurai Warriors, Gus em Kissyfur, Cyborg 006 na série clássica Cyborg 009, Tartaruga do Mestre Kame na primeira e segunda dublagens de Dragon Ball e em Dragon Ball Z, Brutus na dublagem dos anos de 1980 de Popeye, Fluffi em Os Seis Biônicos, entre outros.

George Gaynes

Em séries, foi a voz de Roger Stanton interpretado por Harris Yulin em 24 Horas, Sargento Demetrio Lopez Garcia interpretado por Henry Calvin na primeira dublagem de Zorro, Fuher interpretado por Gorou Mutsumi em Cybercops, Os Policias do Futuro, Chefe interpretado por Edward Platt na primeira dublagem de Agente 86, Arthur Bicudo interpretado por George Gaynes na primeira dublagem de Punky - A Levada da Breca, a primeira voz de Shima interpretado por Michirou Iida em Esquadrão Relâmpago Changeman, entre outros.

Em 2007, Mário comemorou o seu aniversário de 80 anos junto com os amigos em sua casa, e junto com isso comemorou também o dia do dublador, e o meio século de dublagem brasileira. O evento contou com diversos dubladores do passado e do presente, além de cobertura de diversos órgãos de mídia.

Mário se afastou da dublagem no início dos anos 2000, dublando esporadicamente. Na ocasião, dedicou-se apenas a direção de dublagem na Dublavídeo. No final dos anos de 2000, se aposenta da profissão.

Mário veio a falecer em 4 de Maio de 2017, em São Caetano de Sul, São Paulo, aonde residia.

Trabalhos:

Filmes

- Robert Englund em A Hora do Pesadelo (1ª Dublagem), e A Hora do Pesadelo 2 (1ª Dublagem)
- Jack Warden em O Pestinha 1, O Pestinha 2 (1ª Dublagem) e O Pestinha 3 (2ª Dublagem)
- Senador Gallio (Torin Thatcher) em O Manto Sagrado
- Larry Talbot / Lobsomem (Lon Chaney Jr.) em Abbott e Costello As Voltas Com Fantasmas
- Miguel (Tony Genaro) em O Ataque dos Vermes Malditos
- Sargento Major Elmer Pulley (Gene Evan) em O Bamba do Regimento
- Pop Leibel (Konstatin Shayne) em Um Corpo Que Cai
- Major Ebersole (Austin Pendleton) em O Sargento Trapalhão (1ª Dublagem)
- Andrew Ferrara (Paul Mochnick) em Morte Súbita (1ª Dublagem)
- José de Arimatéia (James Mason) em Jesus de Nazaré
- Sam (George Dunn) em O Estranho Que Nós Amamos
- Frei Tuck (Jeff Nuttall) em Robin Hood - O Herói dos Ladrões
- Cardeal Wolsey (Anthony Quayle) em Anna dos Mil Dias
- Willy (Vasek Simek) em Havana
- Pete (Louis Zorich) em Os Muppets Conquistam Nova York
- Xerife Sam Eberly (Hoyt Axton) em Sepultado Vivo
- Phil (Michael Lerner) em Na Riqueza e Na Pobreza
- Maestro Matiste (Fortunio Bonanova) em Cidazão Kane
- Major Sholto (Terrence Labrosse) em O Signo dos Quatro
- Sempronius Gracchus (Charles Laughton) em Spartacus (1ª Dublagem)
- Senhor do Salão 1 (Dub Taylor) em De Volta Para o Futuro 3 (1ª Dublagem)
- Jorge de Burgos (Feodor Chaliapin Jr.) em O Nome da Rosa
- Roger Stanton (Harris Yulin) em 24 Horas
- Prefeito Grundy (Scott Beach) em Conta Comigo
- Jack Pierce (David Huddleston) em O Poder do Amor
- Padre O'Neil (Henry Gibson) em Penetras Bons de Bico
- Avô (James Whitmore) em O Anel da Luz Eterna
- Marvin (Bill Cobbs) em Destinos Cruzados
- Jim Stern (Paul Langton) em O Esporte Favorito dos Homens
- Maurice Russell (Peter O'Toole) em Vênus
- Murphy (Charles Durning) em A Primeira Página
- Gepeto (Martin Landau) em As Aventuras do Pinóquio
- Tabelião Hardenbrook (Michael Gough) em A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça
- Vários Personagens (John Cleese) em Monty Phyton Em Busca do Cálice Sagrado

Séries

- Chefe (Edward Platt) em Agente 86 (1ª Dublagem)
- Arthur Bicudo (George Gaynes) em Punky - A Levada da Breca (1ª Dublagem)
- Shima (Michirou Iida) (primeira voz) em Esquadrão Relâmpago Changeman
- Fuher (Gorou Mutsumi) em Cybercops, Os Policias do Futuro
- Sargento Demetrio Lopez Garcia (Henry Calvin) em Zorro (1ª Dublagem)

Desenhos

- João Grandão em João Grandão
- Fluffi em Os Seis Biônicos
- Chefe em O Inspetor Bugiganga
- Tartaruga do Mestre Kame em Dragon Ball (Gota Mágica e Álamo), e Dragon Ball Z (Álamo)
- Muri em Dragon Ball Z - O Retorno de Coola
- Brutus em Popeye (Anos de 1980 - BKS)
- Ajudante do Lúcifer em Dragon Ball - A Bela Adormecida no Castelo Mal Assombrado
- Vizir em Os Ursinhos Carinhosos e o Quebra Nozes (Longa-Metragem)
- Cyborg 006 em Cyborg 009 (Clássica)
- Dara em Samurai Warriors
- Gus em Kissyfur
- Frank (Roy Roberts) em A Feiticeira (5ª Temporada)

Fontes: Acervo Pessoal, Dublanet, Wikipédia, TV Cultura, TV Bandeirantes, João David, Radiolândia.

Um comentário:

  1. Do you realize there's a 12 word sentence you can communicate to your partner... that will trigger intense emotions of love and impulsive attraction for you deep inside his heart?

    Because deep inside these 12 words is a "secret signal" that fuels a man's impulse to love, admire and care for you with all his heart...

    =====> 12 Words That Fuel A Man's Desire Instinct

    This impulse is so built-in to a man's mind that it will drive him to try harder than ever before to make your relationship as strong as it can be.

    Matter of fact, triggering this mighty impulse is so essential to achieving the best possible relationship with your man that the instance you send your man a "Secret Signal"...

    ...You will soon find him expose his soul and heart for you in a way he haven't experienced before and he'll distinguish you as the one and only woman in the universe who has ever truly appealed to him.

    ResponderExcluir

Total de visualizações de página